Mafalda Gonçalves defende contratação de mais bombeiros para Santa Cruz

A corporação é composta por 57 elementos, sendo que há mais de 20 anos que não há renovação de quadros, razão pela qual, Mafalda Gonçalves diz ser “urgente a abertura de concurso para a entrada de cerca de 30 novos elementos”.

A candidata do Partido Socialista à Câmara Municipal de Santa Cruz considera urgente a abertura de concurso para a contratação de mais bombeiros para a corporação daquele concelho. A proposta foi apontada esta sexta-feira, 24 de setembro, na sequência de uma visita efetuada por Mafalda Gonçalves ao Quartel dos Bombeiros Sapadores de Santa Cruz.

A corporação é composta por 57 elementos, sendo que há mais de 20 anos que não há renovação de quadros, razão pela qual, Mafalda Gonçalves diz ser “urgente a abertura de concurso para a entrada de cerca de 30 novos elementos”. A par disso, Mafalda Gonçalves frisa a necessidade de serem efetuadas obras de manutenção no quartel, de forma a dotar o edifício das condições de salubridade adequadas e dar boas condições de trabalho aos bombeiros e funcionários.

“A Proteção Civil tem de ser uma prioridade absoluta da Câmara Municipal”, sublinhou Mafalda Gonçalves, garantindo que esta será uma área à qual um executivo por si liderado irá dar a máxima atenção. “A segurança das pessoas de Santa Cruz deve estar acima de quaisquer outros interesses”, vincou.

Recomendadas

Madeira quer aumentar salários nos turismo e comércio

Miguel Albuquerque falava no parlamento regional, no primeiro debate da III sessão legislativa com a presença do executivo, subordinado ao tema “a pandemia e o início da recuperação económica”, proposto pela maioria PSD/CDS-PP, com a aprovação dos restantes partidos – PS, JPP e PCP.

Governo cair era a “melhor coisa que podia acontecer” ao país, afirma presidente do executivo da Madeira

O presidente do executivo madeirense salientou que “a melhor coisa que pode acontecer a Portugal, neste momento, é este Governo ser derrubado e desaparecer”.

Madeira tem menos quatro cêntimos na gasolina e menos dois no gasóleo a partir de segunda-feira

Esta redução do preço dos combustíveis na Região é provocada pela redução da taxa do Imposto sobre os Produtos Petrolíferos (ISP).
Comentários