Mais de 130 municípios candidataram-se a apoios de esterilização animal até agosto

O apoio financeiro da DGAV consiste na atribuição de quantias fixas por cada esterilização: 15 euros para gatos, 35 euros para gatas, 30 euros para cães e 55 euros para cadelas.

Mais de 130 municípios candidataram-se à campanha de apoio à esterilização de animais de companhia até agosto, financiada em 287.225 euros, mais do que todo o ano passado, anunciou hoje a Direção-Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV).

De acordo com dados disponibilizados à agência Lusa, desde o início do ano, o Estado já pagou cerca de 270 mil euros às candidaturas de 136 municípios em apoios de esterilização para cães e gatos.

Em 2018, a DGAV atribuiu mais de 250 mil euros em apoios à campanha.

A DGAV atentou que o controlo dos animais errantes é uma competência das Câmaras Municipais, devendo estas promover medidas de luta contra o abandono e campanhas de promoção de adoções ou reconciliação dos animais perdidos com os respetivos donos, além de promoverem a recolha no Centros de Recolha Oficial (CRO).

Para se candidatarem ao apoio é necessário que os Centros de Recolha Oficial (CRO) municipais ou intermunicipais registem um mínimo obrigatório de 25 esterilizações, podendo os municípios beneficiar de apoios até aos 15.000 euros e as entidades gestoras de CRO intermunicipais até 30.000 euros.

O apoio financeiro da DGAV consiste na atribuição de quantias fixas por cada esterilização: 15 euros para gatos, 35 euros para gatas, 30 euros para cães e 55 euros para cadelas.

“A administração central tem apoiado financeiramente as autarquias na remodelação e construção de novos CRO, na construção de salas de esterilização e na realização de campanhas de esterilização [500 mil euros por ano]”, segundo a entidade.

Além do apoio financeiro às autarquias, o Governo tem promovido também iniciativas de sensibilização da população todos os anos contra o abandono de animais, com enfoque na detenção responsável dos animais.

A DGAV salientou que tem estado envolvida num grupo de trabalho, com a Direção-Geral da Educação (DGE), que visa a introdução das matérias relacionadas com a detenção responsável e com o bem-estar animal nos currículos escolares, para crianças desde o pré-escolar ao ensino secundário.

Com o objetivo de insistir em campanhas de esterilização, o Governo aprovou mais 50.000 euros até 30 de novembro, para esterilizações de cães e gatos.

Ler mais
Recomendadas

Equipa de futebol brasileira vai jogar com camisolas manchadas de petróleo em protesto contra derrame

Através das redes sociais, o Bahia manifestou preocupação com o derrame de óleo que atingiu grande parte do litoral do Nordeste no Brasil. Junto com um manifesto que pede a punição dos responsáveis, o clube informou que a equipa usará no jogo contra o Ceará a t-shirt do equipamento tricolor com manchas de petróleo.

Federação Nacional dos Médicos exige redução do trabalho em urgência

A Federação Nacional dos Médicos (FNAM) aprovou hoje, em congresso, em Lisboa, uma grelha salarial com base num horário de 35 horas, e a diminuição do trabalho em urgência de 18 para 12 horas semanais no horário normal de trabalho.

Espeleólogos presos em gruta espanhola são da região do Porto

O grupo está preso na gruta de Cueto-Conventosa na região da Cantábria.
Comentários