Mais de 20 cursos superiores em Portugal não têm desemprego

Dos 25, três são licenciaturas em Teologia da Universidade Católica Portuguesa e sete são de Medicina, nas Universidades de Lisboa, Porto, Minho e Beira Interior.

No ano passado, foram registados 25 cursos no universo de 1369 em que não houve não recém-licenciados inscritos nos centros de emprego no país. A informação foi divulgada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e consultada pelo Público através do portal Infocursos.

Os cursos de Medicina e Teologia estão em peso nesta lista. Dos 25, três são licenciaturas em Teologia da Universidade Católica Portuguesa e sete são de Medicina, nas Universidades de Lisboa, Porto, Minho e Beira Interior.

Por outro lado, aqueles que registam uma percentagem superior de desempregados é o de Arquitectura (32%), da Escola Superior Artística do Porto, Artes e Grafismo de Media (30%), na Escola Superior Artística de Guimarães, Comunicação e Relações Públicas (28%), do Instituto Politécnico da Guarda, e Serviço Social (27,4%), da Universidade Lusófona do Porto.

Os números apresentados pelo diário, este sábado, foram calculados através diplomados entre os anos letivos de 2011/2012 e 2014/2015 que se encontravam registados como desempregados em junho ou dezembro do ano passado.

Apesar de a taxa de desemprego nacional ter caído em abril e maio, os jovens não seguem a tendência e registou-se mesmo um aumento do número de desempregados entre os 15 e os 24 anos, segundo os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE).

O desemprego de jovens terá ficado em 24,6% em maio, um valor bastante acima dos 9,4% da média nacional. Apesar de a taxa ser mais baixa que no mesmo mês do ano passado, quando estava em 28%, é a mais elevada desde janeiro.

“A taxa de desemprego dos jovens situou-se em 24,6% e aumentou 0,8% em relação ao mês precedente”, explica o INE em comunicado. Em comparação, “a taxa de desemprego dos adultos foi de 8,3% e diminuiu 0,1% em relação àquele mês”, indica o relatório do organismo de estatística.

Ler mais
Recomendadas

Sabe quanto paga ao banco em comissões abusivas? Há um simulador que ajuda no cálculo

A Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor diz-lhe quanto vai pagar a mais se a lei referente às comissões de processamento do crédito não mudar entretanto.

Crédito Habitação: qual o perfil e preferências dos portugueses?

Tendo por base os dados dos últimos 10 mil utilizadores do ComparaJá.pt, o portal de comparação financeira revela qual o perfil e preferências de quem solicita crédito habitação. Conheça as principais conclusões do Barómetro do Crédito Habitação 2020.

Ações de combate à fraude e evasão fiscal permitiram recuperar 1,7 mil milhões de euros

O Ministério das Finanças entregou esta semana no Parlamento o relatório do combate à fraude e evasão fiscais. Mais de 130 mil ações do fisco permitiram ao Estado recuperar 1,7 mil milhões de euros no ano passado, mais 381 milhões face ao previsto.
Comentários