Mais de mil empresas brasileiras recebem apoio para negócios no exterior

A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e a Confederação Nacional da Indústria querem acelerar a internacionalização nas firmas locais.

A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e a Confederação Nacional da Indústria (CNI) fecharam uma parceria para oferecer auxílio a empresas com vista a promover seus negócios no exterior. A ação pretende beneficiar mais de 1,7 mil firmas de todo o país.

Segundo a Apex, nos próximos dois anos serão promovidas 40 ações de apoio de inserção no comércio internacional, em frentes como a prospeção de mercados em outros países e rodadas com compradores estrangeiros para buscar ampliar a exportação das organizações selecionadas para o projeto.

Pelo menos oito ações devem ser realizadas ainda em 2019. Entre elas estão viagens a duas feiras internacionais na Alemanha, Anuga e K, e outra missão à feira CIEE, na China. Segundo os organizadores, até dezembro deverão ser organizados encontros com compradores internacionais em cidades brasileiras.

No total, deverão ser investidos 13 milhões de reais nas diversas fases da iniciativa. Como meta, os organizadores esperam que o conjunto de estratégias previstas para fomentar a internacionalização das firmas participantes gerem até 350 milhões de reais (cerca de 76 milhões de euros) em novos negócios feitos com empresas estrangeiras.

De acordo com a Apex, desde 2013 mais de 4,5 mil empresas foram apoiadas por medidas semelhantes. Os projetos realizados resultaram em um volume de recursos de mais de 2,5 mil milhões de dólares (o equivalente a cerca de 2,2 mil milhões de euros).

Recomendadas

Cerca de 49 mil empresas no mundo utilizam as IFRS

Mais de 33% das operações financeiras são transfronteiriças e as IFRS têm contribuído para a redução do custo de financiamento das empresas e para identificação de novas oportunidades de investimento.

“O CybELE está focada na observação da Terra“

Venceu no Troféu Startup. O CybELE tem como objetivo trabalhar a indústria espacial, um setor de grandes oportunidades para as empresas que, querem inovação, afirma o CEO, Robin Bouvier.

Exportação chega aos 99,9% para empresas como a Apple e a Microsoft

A Visound Acústica venceu o Troféu Inovação. “Este troféu gentilmente atribuído pela CCI Luso-Francesa é o reconhecimento do nosso trabalho, e a prova que a visão estratégica da empresa estava correta”, afirma o CEO César Carapinha.
Comentários