Manchester City: clube mais gastador da década investiu mil milhões para montar atual plantel

Os ‘citizens’ precisaram de investir 1.014 milhões de euros em contratações de atletas para “montar” o plantel atual, de acordo com as contas feitas pelo Observatório do Futebol – CIES aos clubes das cinco maiores ligas europeias

O Manchester City, emblema que esta sexta-feira foi banido da Liga dos Campeões pela UEFA por duas temporadas, é o clube mais gastador da década com um valor investido no plantel que supera 1,5 mil milhões de euros (1.541,3 milhões euros). Desde que Pepe Guardiola é treinador dos ‘citizens’, há quatro épocas, o City já gastou 777,59 milhões de euros, de acordo com dados revelados na edição online do ‘El Economista’.

O Manchester City, clube treinado por Pep Guardiola e onde figuram os portugueses Bernardo Silva e João Cancelo, terá sido banido da Liga dos Campeões por duas temporadas por parte da UEFA e terá sido multado no montante de 30 milhões de euros, avança a imprensa inglesa.

Na origem da penalização aos ‘citizens’ está a quebra das regras do Fair Play Financeiro e ainda a adulteração de valores relativamente aos valores de patrocínio da Etihad ao Manchester City. Esta decisão é possível de recurso para o Tribunal Arbitral de Desporto e caso haja um recurso para o TAS o castigo agora revelado pode ficar suspenso até ao final da temporada.

Os ‘citizens’ precisaram de investir 1.014 milhões de euros em contratações de atletas para “montar” o plantel atual, de acordo com as contas feitas pelo Observatório do Futebol – CIES aos clubes das cinco maiores ligas europeias (liga inglesa, espanhola, italiana, francesa e alemã, vulgo Big 5).

O clube inglês é o primeiro na história a apresentar um plantel que representa mais de mil milhões de euros em transferências. Atrás dos citizens, surgem Paris Saint-Germain (913 milhões de euros), Real Madrid (902 milhões), Manchester United (751 milhões) e Juventus (719 milhões).

Os números são astronómicos e revelam o enorme esforço financeiro que os maiores clubes do mundo têm de fazer para apresentarem plantéis num nível competitivo muito acima da média.

Ler mais
Relacionadas

Manchester City banido da Liga dos Campeões por duas temporadas e multado em 30 milhões de euros

Clube onde milita Bernardo Silva e João Cancelo está fora da maior prova europeia de clubes e vai ter de pagar uma multa de 30 milhões de euros, avança a imprensa inglesa.
Recomendadas

‘Champions’ em Lisboa. Atalanta BC: vale ‘apenas’ 266 milhões mas vem a Lisboa desafiar ‘tubarões’

clube italiano está avaliado em 266 milhões de euros, fazendo com que seja o sétimo mais valioso da liga italiana segundo o portal “Statista”. O dono do clube, António Percassi enriqueceu através da marca de cosméticos ‘Odissea Srl’, e tem hoje uma fortuna avaliada em mil milhões de euros. O italiano detém 70% do Atalanta BC.

Moto GP: Portimão recebe última prova da temporada de 2020

O Autódromo Internacional do Algarve vai receber a última corrida da época que vai ser realizada no fim de semana de 20 a 22 de novembro.

‘Champions’ em Lisboa. RB Leipzig: treinador mais jovem da Liga dos Campeões ‘dá asas’ à marca de 594 milhões

Desde a sua fundação, o clube viu-se envolvido em várias polémicas, tudo devido à sua ligação direta à Red Bull. A empresa de bebidas energéticas é a dona do clube, algo que não foi bem aceite na Alemanha onde tradicionalmente os sócios têm o poder de participar nas decisões dos clubes, devido à famosa regra ‘50+1’.
Comentários