Marcelo: Estado da Emergência pode vir a ser renovado até 16 de abril

A situação da crise do coronavírus será avaliada pelo Presidente da República, Governo e Parlamento. Após a avaliação, o Estado de Emergência em vigor, que termina a 5 de abril, poderá ser renovado durante mais 11 dias.

Miguel Figueiredo Lopes/Presidência da República handout via Lusa

O Presidente da República admitiu hoje que o Estado de Emergência pode vir a ser renovado durante mais até 16 de abril, se for necessário.

“Temos acompanhado a evolução da realidade, haverá uma nova reunião de responsáveis políticos com os especialistas e epidemiologistas”, começou por dizer hoje em declarações aos jornalistas no Palácio de Belém.

“Será ponderado em diálogo com o primeiro-ministro, com o Governo e o Parlamento, exatamente o que é necessário para os 14 dias seguintes: se é preciso alem de renovar o Estado de Emergência, acrescentar mais um ponto ou outro, ou não”, afirmou Marcelo Rebelo de Sousa.

“A avaliação será feita com os dados até ao começo da próxima semana, para depois vigorar, se for caso disso, se a Assembleia da República autorizar, até ao dia 16 de abril”, declarou o Presidente da República.

Portugal conta atualmente com 3.544 casos positivos com o novo coronavírus, mais 549 face a quarta-feira. No total, existem 60 vítimas mortais, mais 17 face a ontem, segundo os dados divulgados hoje pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

Relacionadas

Presidente: “Há uma descida na percentagem de crescimento” de novos casos

“A curva [epidémica] afastou-se da curva que era expectável, e da curva seguida por outros países”, disse hoje Marcelo Rebelo de Sousa.

Marcelo: Celebrações do dia de Portugal na Madeira e África do Sul adiadas para 2021

As celebrações este ano vão assim ter lugar em Lisboa, com “os cuidados impostos pelas circunstâncias”, afirmou o Presidente.

Infografia | Covid-19: ponto de situação em Portugal a 26 de março

Veja aqui a evolução do novo coronavírus em Portugal, já com os novos indicadores disponibilizados pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

Covid-19: DGS anuncia 60 mortes e 3.544 casos confirmados

Os dados divulgados esta quinta-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS) indicam a existência de 3.544 casos confirmados e 60 mortes. Existem ainda 43 casos recuperados em Portugal.
Recomendadas

Empresa portuguesa desenvolve equipamento para criar quartos de pressão negativa

Tecnologia permite transformar quartos convencionais em quartos de pressão negativa para tratar doentes infectocontagiosos, bem como fazer a purificação do ar eliminando assim os vírus e bactérias e prevenindo a contaminação.

Santander Totta vai passar a pagar aos fornecedores a pronto pagamento

“Esta medida reforça o conjunto de outras que o Santander tem vindo a implementar para apoiar a economia e minimizar os impactos negativos provocados pela Covid-19, com especial foco na tesouraria e liquidez dos seus clientes”, referiu o Santander Totta.

Itália regista 760 óbitos nas últimas 24 horas e um aumento ligeiro no número de casos confirmados

As autoridades de saúde italianas reportaram no relatório desta quinta-feira mais 760 mortes nas últimas 24 horas, mais 33 vítimas mortais do que ontem.
Comentários