“Marcelo ter-se encontrado com Lula no Brasil é um sinal interessante”, destaca Francisco Seixas da Costa

Este foi um dos temas em destaque na edição desta semana do programa “A Arte da Guerra”, da plataforma multimédia JE TV, em que o embaixador Francisco Seixas da Costa considerou como “um sinal interessante” o facto de Marcelo Rebelo de Sousa ter-se encontrado com o antigo presidente do Brasil.

A mais de um ano das presidenciais, o presidente brasileiro Jair Bolsonaro antecipa fraude eleitoral. Cada vez mais sozinho, esta nova estratégia pode ser favorável a Lula da Silva.

Este foi um dos temas em destaque na edição desta semana do programa “A Arte da Guerra”, da plataforma multimédia JE TV, em que o embaixador Francisco Seixas da Costa considerou como “um sinal interessante” o facto de Marcelo Rebelo de Sousa ter-se encontrado com o antigo presidente do Brasil.

Marcelo Rebelo de Sousa considerou que “esta rápida” deslocação, retrata “o momento melhor” das relações de Portugal com o Brasil, que, segundo disse, “independentemente das diferentes sensibilidades, no seu todo abraça Portugal”.

O Presidente português encontrou-se com Jair Bolsonaro depois de reuniões com antigos chefes de Estado – Michel Temer, Lula da Silva e Fernando Henrique Cardoso. O encontro com Lula da Silva, na residência do Cônsul de Portugal em São Paulo, gerou mal-estar entre a comunidade portuguesa.

Recomendadas

NFTs: o incrível universo dos cromos desportivos digitais que valem milhões. Veja o “Jogo Económico”

Acompanhe o “Jogo Económico” na plataforma multimédia JE TV, através do site e das redes sociais do Jornal Económico.

“A Arte da Guerra”. “Travagem no crescimento da extrema-direita na Alemanha é uma boa notícia”

Olaf Scholz (SPD), Annalena Baerbock (Os Verdes) e Armin Laschet (CDU) entraram na fase decisiva da campanha eleitoral para as eleições de 26 de setembro próximo, numa altura em que as últimas sondagens dão conta de uma travagem no crescimento da extrema-direita na Alemanha.

Ricardo Leão: “Se o PCP tiver um mau resultado nestas Autárquicas, terá muito mais receio de ir a votos nas Legislativas”

Com as negociações para o OE2022 à porta, que consequências pode ter uma eventual vitória do PS num concelho gerido pelo PCP? O candidato socialista à Câmara de Loures acredita que os comunistas terão que pensar duas vezes se vale a pena forças eleições legislativas com um eventual chumbo do Orçamento do Estado.
Comentários