Margarida Pocinho defende aposta na produção regional e não tanto na importação

Com o dia do empresário na agenda regional, a candidata centrista focou as atenções na necessidade de a União Europeia reforçar os fundos comunitários para as Regiões Ultraperiféricas.

A candidata do CDS-PP Madeira ao Parlamento Europeu, Margarida Pocinho, defendeu, esta terça-feira, uma maior aposta na produção regional e não tanto na importação de produtos. Além disso, Margarida Pocinho considera prioritário olhar para o desenvolvimento da economia do mar, nomeadamente nos apoios para renovação da frota, aumento das quotas de pescado artesanal, sustentável e não poluente.

Com o dia do empresário na agenda regional, a candidata centrista focou as atenções na necessidade de a União Europeia reforçar os fundos comunitários para as Regiões Ultraperiféricas. “Os apoios à exportação têm de entrar na agenda dos assuntos europeus”, defendeu Margarida Pocinho, acrescentando que “os nossos empresários precisam de ajudas para o transporte dos nossos produtos para o continente europeu, tal como as Canárias têm a 100%”.

A candidata madeirense na lista de Nuno Melo virou as atenções para a qualificação, e defendeu a necessidade de requalificar os recursos humanos na área da educação, da ciência e da inovação, aliando os apoios que existem para estudos na área do mar, da agricultura e do turismo.

Margarida Pocinho fez ainda questão de referir que “o turismo só é sustentável com uma paisagem que é única, com os nossos poios requalificados com  ajuda de um regime específico e uma economia do mar sustentável”.

A centrista esteve pelas zonas altas do Funchal, a explicar a importância dos fundos comunitários no desenvolvimento económico e social da Região, sempre acompanhada pelo líder do CDS-PP Madeira, Rui Barreto, pelos deputados José Manuel Rodrigues e Roberto Rodrigues e de dirigentes da concelhia do CDS Funchal.

A três dias do fim da campanha para as eleições europeias, a candidata do CDS mostrou-se “confiante” na obtenção de um bom resultado eleitoral no próximo domingo.

Ler mais
Recomendadas

Olavo Câmara afirma que Orçamento do Estado é bom para a Madeira e “dá baile à direita”

O parlamentar madeirense destacou o facto de o Orçamento garantir o novo Hospital da Madeira como Projeto de Interesse Comum e de assegurar o seu cofinanciamento em 50% por parte do Estado, assim como salientou que está garantida a transferência de 220 milhões de euros do Orçamento do Estado para a Região.

Madeira está a preparar-se para eventual surto de coronavírus, garante Iasaúde

O presidente do Iasaude diz que a Madeira vai “criar condições nos diferentes setores”, mas que continua a achar que, neste momento, “a probabilidade é muito reduzida de ter um surto na região”.

Madeira: Sidraria do Santo da Serra inaugurada amanhã

Oportunamente, o projeto será complementado com uma Sidraria Central, a instalar na ex-Biofábrica, na Camacha, que, para além de conferir o necessário apoio laboratorial às sidrarias locais, vai dispor de equipamento mais evoluído para produzir sidras naturais mais elaboradas (método “charmat” para sidra gaseificada e método “champanhês” para produzir sidra espumante).
Comentários