Mariana Mortágua conclui doutoramento em Economia na Universidade de Londres

“Não há muitas pessoas que, tendo o trabalho intensíssimo do Parlamento ou noutra profissão ou função, tenham a capacidade de trabalho que permite escrever uma tese e para a levar ao júri numa universidade internacional de referência”, elogia Francisco Louçã, antigo líder do Bloco de Esquerda.

A deputada do Bloco de Esquerda (BE) Mariana Mortágua concluiu esta semana a sua prova de doutoramento em Economia na Universidade de Londres. O antigo líder do BE, Francisco Louçã, sublinhou esse feito da jovem deputada, em mensagem publicada na rede social Facebook.

“Não há muitas pessoas que, tendo o trabalho intensíssimo do Parlamento ou noutra profissão ou função, tenham a capacidade de trabalho que permite escrever uma tese e para a levar ao júri numa universidade internacional de referência”, escreveu Louçã.

Recorde-se que, em 2013, aos 27 anos de idade, Mortágua interrompeu o doutoramento em curso na School of Oriental and African Studies (SOAS), da Universidade de Londres, regressando então a Portugal para assumir o mandato de deputada, em substituição de Ana Drago.

Apesar da intensa atividade na Assembleia da República, com destaque para as várias comissões de inquérito em que participou, além de ter chegado a exercer a liderança da bancada parlamentar do BE, Mortágua conseguiu agora concluir o doutoramento em Economia.

Dos atuais 230 deputados, apenas 14 (contando já com Mortágua) têm formação académica ao nível de doutoramento.

Recomendadas

Marcelo evoca “personalidade singular” de Alexandre Soares dos Santos

Alexandre Soares dos Santos era o dono e presidente da Jerónimo Martins que tem as cadeias de supermercados Pingo Doce e a Biedronka na Polónia. A família é uma das mais ricas do país e o empresário foi eleito várias vezes pela Forbes o mais rico do país.

Sem Antram nem fim à vista. Sindicato e Governo reunidos há seis horas

O SNMMP ainda está reunido com o Governo no Ministério das Infraestruturas. Encontro, sem a presença da Antram, já dura há mais de seis horas.

António Costa: “Rui Rio optou por estar de férias. Desejo que continue a gozar desse período”

Questionado sobre as acusações de Rui Rio ao Governo, António Costa preferiu não proferir qualquer comentário sobre as palavras do líder do PSD conhecidas esta sexta-feira à tarde. O primeiro-ministro realçou que “Rui Rio optou por estar de férias” e desejou que o líder do PSD “continue a gozar desse período”.
Comentários