Media Capital já recebeu 2.400 candidaturas para trabalhar na CNN Portugal

Media Capital tem em aberto o processo de candidaturas até ao final do mês. O grupo liderado por Mário Ferreira sublinha o “impressionante” interesse de diferentes profissionais neste canal.

A Media Capital anunciou esta terça-feira já ter recebido 2.400 candidaturas de interessados a entrar na CNN Portugal, canal que a dona da TVI está a preparar para lançar até ao final do ano e que substituirá a TVI 24.

Numa nota de imprensa enviada à redação, o grupo liderado por Mário Ferreira sublinha o “impressionante” interesse de diferentes profissionais de media na CNN Portugal, que até dia 31 de agosto está a aceitar candidaturas para as vagas de pivô, jornalista/repórter, produtor de informação, coordenador de régie, infografista digital e gestor de redes sociais.

Confirmado o “grande interesse que este processo de seleção suscitou”, a Media Capital já deu inicio a uma primeira fase do processo de seleção dos candidatos. Mas até ao final do mês todos os interessados em desenvolver atividade profissional na nova estrutura da dona da TVI podem submeter candidaturas.

Relacionadas

CNN Portugal abriu processo de recrutamento. Saiba como se candidatar

A Media Capital está a recrutar para integrar a redação da CNN Portugal e as candidaturas terminam em 31 de agosto, anunciou a dona da TVI.

Media Capital começa a “operacionalizar” lançamento da CNN Portugal

“Na sequência do memorando de entendimento assinado pelo grupo Media Capital e pelo prestigiado canal de informação norte-americano CNN, quero comunicar-vos que entrámos numa nova fase deste desafiante projeto, começámos a operacionalizar o lançamento da CNN Portugal, em estreita colaboração com a CNN”, afirmou o presidente executivo.

PremiumCNN Portugal já tem diretor mas falta autorização da ERC

Media Capital quer lançar CNN Portugal até ao fim do ano, mas regulador ainda não recebeu pedido de autorização. Nuno Santos será o diretor do novo canal e poderá deixar de ser diretor geral da TVI.
Recomendadas

O principal desafio para o sector das pescas é tecnológico

O presidente da Associação dos Armadores de Pesca Industrial diz que a frota precisa de um salto tecnológico que a União Europeia deveria impor e apoiar quanto antes.

Desenvolvimento tecnológico vai marcar segurança privada

Na lista das 10 tendências identificadas pela associação norte-americana de segurança, e que constam do seu último relatório, todas têm uma base tecnológica e metade respeitam a esta integração entre vídeo e software, com destaque para as ferramentas de reconhecimento facial.

PremiumMário Palhares: “BNI e Finibanco Angola continuam empenhados em encontrar uma solução”

O processo de venda do Finibanco Angola a Mário Palhares do Banco BNI, acordado em 2015, acabou. Mas o CEO do banco angolano garante ao JE que o BNI e o Finibanco continuam empenhados em encontrar uma solução.
Comentários