Medway quer lançar novo comboio de mercadorias diário de Lisboa a Estugarda

O maior operador ferroviário privado de transporte de mercadorias na Península Ibérica considera que o comboio é a “opção óbvia” em termos competitivos para ligar Lisboa e Estugarda e espera ter o “Vasco da Gama” nos carris já no último trimestre deste ano.

A Medway quer lançar um novo comboio de mercadorias diário de Lisboa a Estugarda, na Alemanha, avança este sábado o jornal “Público”. O maior operador ferroviário privado de transporte de mercadorias na Península Ibérica considera que o comboio é a “opção óbvia” em termos competitivos para ligar Lisboa e Estugarda e espera ter o “Vasco da Gama” nos carris já no último trimestre deste ano.

Segundo o presidente da Medway, Carlos Vasconcelos, o objetivo do novo comboio de mercadorias a ligar a capital portuguesa e a cidade alemã de Estugarda é captar carga aos operadores rodoviários. A ligação por via férrea é, segundo Carlos Vasconcelos, mais competitiva em termos de preços, sobretudo tendo em conta as viagens em que o camião tem de regressar em vazio ou os momentos em que os carregadores se vêm confrontados com uma procura maior do que a oferta.

Nesses casos, o presidente da Medway entende que o comboio a opção óbvia e, por isso, espera ter o “Vasco da Gama” a funcionar a partir do mês de outubro.

Recomendadas

Covid-19: Possibilidade de moratórias de crédito serem prorrogadas é muito escassa – Banca

Faria de Oliveira disse ainda que as moratórias não “são o fim da linha” e que as informações que lhe chegam dos bancos é de um “impacto muito reduzido” desde que terminaram as primeiras moratórias, o que aconteceu em 31 de março, com cerca de 86 mil famílias a retomarem o pagamento dos seus créditos à habitação este mês de abril.

Rede Nacional de Expressos reforça ligações em todo o território nacional

Os responsáveis da empresa criticam o facto de Portugal ser atualmente “o único país da União Europeia com este constrangimento de dois terços da lotação do transporte rodoviário, divergindo dos procedimentos europeus e criando dificuldades logísticas e financeiras ao nível do transporte nacional e internacional”.

Mercadona vai investir mais 150 milhões de euros em Portugal em 2021

A previsão para 2021 é de abrir mais nove lojas no nosso país. Com a finalidade de dar continuidade ao seu projeto de expansão em Portugal, a empresa recrutará 500 pessoas, sempre com contrato sem termo desde o primeiro dia.
Comentários