Mercado de Agricultura Biológica regressa esta quarta-feira

Nesta reabertura estão presentes oito produtores.

O Mercado de Agricultura Biológica, organizado pela Secretaria Regional de Agricultura e Desenvolvimento Rural, através da Direção Regional de Agricultura, regressa esta quarta-feira, à placa central da Avenida Arriaga, em frente à Loja do Cidadão, na sequência das medidas de desconfinamento que têm sido tomadas pelo Governo Regional.

Serão oito os produtores que estarão presentes na reabertura, para a qual foram definidas, em articulação com os vendedores, medidas a implementar, que permitem um regresso à atividade com a garantia de segurança de comerciantes e clientes, mormente através do uso obrigatório de máscaras e luvas.

A Secretaria Regional de Agricultura e Desenvolvimento Rural promove a realização do Mercado de Agricultura Biológica desde 2007, que tem merecido a confiança dos seus clientes e vem constituindo também uma importante mais-valia para a cidade do Funchal, conferindo-lhe não só uma dinâmica acrescida como, igualmente, uma evidência de modernidade.

Esta iniciativa, que se realiza uma vez por semana (quarta-feira) resulta da perspetiva da Direção Regional de Agricultura e Desenvolvimento Rural na necessidade de divulgação regular deste modo de produção agrícola ambiental e socialmente mais sustentável, representa um esforço acrescido das equipas que, todas as quartas-feiras, garantem que tudo esteja operacional logo pela manhã, o que implica dar início à montagem das estruturas ainda de madrugada, por forma a permitir o escoamento da produção de muitos agricultores, que disponibilizam uma oferta hortofrutícola diversa e de qualidade superior.

Recomendadas

Câmara do Funchal investe 25 mil euros a arranjar passeios e calçadas

A Autarquia tem vindo a desenvolver um trabalho de identificação e melhoria das condições de acessibilidade no domínio do espaço público municipal.

Miguel Albuquerque: “Não posso estar à espera do Orçamento Retificativo”

“Eu neste momento tenho de garantir liquidez e apoio às famílias da Madeira”, disse este sábado o presidente do Governo regional.

Atividades turísticas na Madeira só retomam a normalidade em setembro

Para as embarcações com lotação até 60 passageiros é admitida a ocupação até 70% da sua capacidade, até ao final do próximo mês de junho, 90% durante o mês de julho, e sem qualquer restrição de lotação, a partir do mês de agosto do corrente ano.
Comentários