Midas passa a ser representada em exclusividade pela Salvador Caetano

A conhecida marca de serviços automóveis rápidos pretende assim assumir uma nova relevância no mercado português, com uma nova organização e novos serviços.

A Midas passará a ser representada em Portugal pela Salvador Caetano, conforme faz saber um comunicado da empresa de serviços automóveis rápidos. O acordo vigora desde o passado dia 27 de outubro.

“Acreditamos no enorme potencial de crescimento da marca Midas em Portugal”, afirma Sérgio Ribeiro, administrador da Salvador Caetano Auto.

“Por isso mesmo, a nossa estratégia será fortemente alicerçada num reforço da relação de proximidade com os clientes, numa dupla vertente: por um lado, a proximidade geográfica, através de um rejuvenescimento e maior capilaridade da rede, garantindo que os nossos clientes encontram uma oficina Midas perto de si. E, em paralelo, a proximidade na relação com o cliente, proporcionando-lhe uma experiência personalizada e individual, com equipas totalmente focadas na sua satisfação”, acrescenta.

A Midas está presente em Portugal há 20 anos, apesar dos 65 anos de experiência da marca. Na Europa atua há mais de 40 anos, tendo servido já mais de 10 milhões de clientes.

Recomendadas

CAP contesta medidas sobre pagamentos e lamenta posição do Governo

A Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) contestou hoje as medidas sobre os pagamentos diretos para 2022, acusando o Ministério da Agricultura de desprezar “um leal e correto procedimento de consulta”, uma vez que estas não foram discutidas.

Confederação do Comércio e Serviços aplaude as novas medidas

Em comunicado, a entidade registou ainda “como positivo que a avaliação do nível de risco se baseie no critério da taxa de vacinação da população, ultrapassando as deficiências manifestas que a chamada ‘matriz de risco’ já evidenciava”.

Ramada dispara lucros semestrais para 6,2 milhões de euros

O resultado líquido consolidado registado no primeiro semestre de 2021 no valor de 6,17 milhões, apresentou um crescimento de 143,2% face ao resultado líquido do período homólogo do ano anterior.
Comentários