Ministério Público investiga fuga de informação no exame nacional de Português

O Instituto de Avaliação Educativa vai investigar uma alegada fuga de informação com o conteúdo da prova que foi divulgada nas redes sociais, de acordo com o jornal Expresso.

O Instituto de Avaliação Educativa abriu um inquérito à alegada fuga de informação no exame nacional de Português realizado na segunda-feira pelos alunos do 12.º ano. Antes da prova, circulou pelas redes sociais uma gravação de voz em que se ouve alguém a explicar o que iria sair no exame. E acertou. O caso vai ser investigado pelo Ministério Público a pedido do instituto.

“Ó malta, falei com uma amiga minha cuja explicadora é presidente do sindicato de professores, uma comuna, e diz que ela precisa mesmo, mesmo, mesmo e só de estudar Alberto Caeiro e contos e poesia do século XX. Ela sabe todos os anos o que sai e este ano inclusive. E pediu para ela treinar também uma composição sobre a importância da memória…”, ouve-se no áudio a que o jornal Expresso teve acesso.

A denúncia ao Ministério da Educação foi feita pelo professor da Escola Secundária Luísa de Gusmão, em Lisboa, Miguel Bagorro. O professor teve conhecimento da gravação no sábado, mas contou ao Expresso que não deu importância por todos os anos haver boatos. No entanto, na segunda-feira percebeu que a informação da mensagem correspondia ao que tinha saído no exame e contactou o ministério e o Júri Nacional de Exames.

A denúncia seguiu então para o Instituto de Avaliação Educativa (IAVE) e posteriormente para a Inspeção Geral de Educação e para o Ministério Público, que vai investigar o caso.

Relacionadas

“Se isto não sair, não tenho nada a ver com isto, ok?”: Esta é a ‘áudio-cábula’ do exame de Português B

“É só estudar Alberto Caeiro e contos e poesia do século XX (…) e uma composição sobre a importância da memória”. Áudio circula nas redes sociais e já está a ser investigada pelo Ministério Público.

Possível anulação de exame preocupa docentes e alunos

Sindicato dos Professores da Madeira diz estar a ser contactado por estudantes apreensivos com eventuais atrasos nas candidaturas à universidade.
Recomendadas

Sede da ONU isolada pela polícia devido à presença de um homem armado

A CNN internacional noticiou que a polícia nova-iorquina estava a negociar com o indivíduo, que estaria armado com uma caçadeira e que acabou por ser detido.

Alemanha em mudança com foco no novo ministro das Finanças. Ouça o podcast “A Arte da Guerra” com Francisco Seixas da Costa

Do novo Governo da Alemanha ao divórcio entre eleitores e poder político na Argélia passando pelos conflitos entre Reino Unido e França com o Brexit pelo meio. Tensão é a palavra que marca esta edição do podcast do JE, que conta com a análise do embaixador Francisco Seixas da Costa.

Basílio Horta: “Não cumprimentarei Baptista Leite enquanto ele não pedir desculpa”

“A relação institucional é sempre saudável. O meu problema com esse senhor é de homem para homem. Um cabeça de lista do PSD que faz um cartaz comigo a fugir, com a idade e o percurso que tenho, fez-me uma ofensa gravíssima. E não pediu desculpa por isso”, sublinhou o presidente da Câmara Municipal de Sintra.
Comentários