Miranda nomeia dois novos sócios e anuncia saída de Alberto Galhardo Simões

Susana Pinto Coelho e João Ferreira Leite foram promovidos. O escritório tem agora 27 sócios.

A sociedade de advogados portuguesa Miranda & Associados promoveu Susana Pinto Coelho e João Ferreira Leite a sócios e anunciou a saída do sócio Alberto Galhardo Simões, que é responsável pela área de Corporate.

Em comunicado, a firma enaltece o trabalho do advogado que estava há 16 anos no escritório. “A sua dedicação contribuiu para que a Miranda & Associados fosse mais do que a soma das pessoas que compõem o escritório”, pode ler-se numa nota enviada às redações.

Já as promoções de Susana e João inserem-se no processo de reorganização do escritório que se prolonga há um ano e, segundo Diogo Xavier da Cunha estão alinhadas com a “estratégia de afirmação da cultura da firma e de consolidação de áreas chave da nossa atividade e visam reforçar a força e a sustentabilidade do projeto Miranda”.

Desde o início deste ano a Miranda reforçou a equipa com uma dezena de profissionais: Pedro Melo, Susana Rios de Oliveira, João Coelho de Pinho, Catarina Veiga Ribeiro, Maria Ataíde Cordeiro, Gonçalo de Almeida Costa, Emilie Silva, Ana Luísa Especial, Joana Ramos, Camille Andrade. “Este processo de expansão está em curso e continuará a ser executado nos próximos meses obedecendo, passo a passo, à estratégia de crescimento por nós pensada e definida”, refere o presidente do conselho de administração.

Susana Pinto Coelho começou a colaborar com a Miranda em 2008, após um período de trabalho em Moçambique. Integrou o Grupo de Jurisdição de Moçambique, que hoje apoia na coordenação, centrando na altura a sua prática nas áreas de Comercial e Mineiro. Mais tarde passou a integrar as áreas de Energia e Recursos Naturais e de Público e Regulatório. Portugal e Angola são outras jurisdições onde tem trabalhado com regularidade. A Susana é licenciada em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa (1999) e está a frequentar a Pós-Graduação em Direito do Ambiente, pela mesma Faculdade.

João Ferreira Leite conta com mais de 20 anos de experiência em advocacia, tendo iniciado a sua carreira profissional na Miranda em 2006, na área de Bancário e Financeiro. Em 2010 foi destacado para o escritório de Díli e, desde o seu regresso, em 2013, a sua prática centra-se nas áreas de Bancário e Financeiro e de Energia e Recursos Naturais, com funções de coordenação adjunta no Grupo de Jurisdição de Timor-Leste. Durante este período teve também uma participação relevante ao nível da prática de Angola. O João é licenciado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa (2000), em 2004 foi admitido na Associação de Advogados de Macau e em 2012 no Centro de Formação Jurídica de Timor-Leste.

Ler mais
Recomendadas

Martim Menezes é novo sócio da Abreu

Advogado saiu da CCA para reforçar Contencioso e Comercial do escritório liderado por Duarte d’Athayde.

PremiumOptimal prevê mais operações após negócio da Frulact

Sociedade detida por José Maria Ricciardi, Jorge Tomé e Paulo Tenente assessorou o fundo Ardian na compra da Frulact. ‘Managing partner’ está otimista quanto à atividade em 2020 nas fusões e aquisições, e não só.

Mazars com crescimento de 10,4% do volume de negócios

Em Portugal, a Mazars registou um desempenho positivo em 2018/2019. No horizonte 2020 perspetiva-se que a conjugação do crescimento orgânico com operações de crescimento externo permita um crescimento a dois dígitos, acrescenta a empresa internacional de auditoria e consultoria.
Comentários