Modelo Continente, Jerónimo Martins e Inditex são as mais mediáticas do retalho nacional

O Relatório da Carma monitorizou todas marcas de Retalho e Distribuição em Portugal, agrupando-as por grupos empresariais e chegou a um ranking com o Top 10 das empresas mais mencionadas nos media nacionais.

A multinacional Carma, especializada em Media Intelligence e Análise de Informação de Media, acabou de publicar o seu mais recente relatório sobre as empresas com marcas mais mediáticas em Portugal no setor do Retalho e Distribuição durante o 1º semestre de 2021. O Relatório da Carma monitorizou todas marcas de Retalho e Distribuição em Portugal, agrupando-as por grupos empresariais e chegou a um ranking com o Top 10 das empresas mais mencionadas nos media nacionais.

A liderar surge a Sonae Modelo Continente, com 35% de share of voice. Segue a Jerónimo Martins (dona do Pingo Doce) com 20%. Em terceiro lugar a Inditex, espanhola dona da Zara, surge em 12%.

Na quarta posição a francesa FNAC aparecer com 7% de share of voice, seguindo-se o El Corte Inglés, com 6%; e Lidl também com 6%; e o IKEA também com 6%.

A Mercadona, os Mosqueteiros e a Auchan estão no fim do Top 10 com 5% cada um.

Mas há outros resultados deste Relatório. Nos primeiros seis meses do ano a temática Covid-19 dominou em todos os setores da economia. “O Retalho & Distribuição não foi exceção, com as superfícies comerciais a desempenharem um papel preponderante assegurando à população o acesso a bens essenciais, e começando a disponibilizar testes rápidos de despistagem à Covid-19”, diz o comunicado.

Com quebras nos lucros, os grandes grupos foram obrigados a reajustar o negócio, não só a nível nacional, mas também internacional, acrescenta o estudo.

A vertente de responsabilidade social foi notória e transversal, segundo o relatório. “A crescente preocupação com o meio ambiente, através da redução do uso do plástico e ações em defesa da floresta, além da aposta nas energias renováveis foram também temáticas abrangentes à maioria dos players deste setor. De salientar ainda o apoio à produção nacional, nomeadamente na agricultura, com foco na sustentabilidade”.

“Podemos ainda afirmar que este foi um período nitidamente marcado pela inovação”, concluem.

De acordo com o Managing Director da Carma em Portugal, Luís Garcia, “num período que tem trazido tantos desafios à sociedade, as empresas de Retalho e Distribuição desempenharam um papel crítico, apresentando posições distintivas em diversas áreas de negócio e disponibilizando um leque alargado de produtos e serviços que apoiaram os consumidores e a comunidade”.

“Assim, a análise da comunicação de media, em profundidade e com método, para além de ser muito importante para sustentar a tomada de decisão, fornece uma vantagem estratégica para estas organizações alavancarem o desenvolvimento dos seus negócios”, defende.

Recomendadas

Jerónimo Martins aumenta vendas no primeiro semestre em 6,3%, para 9,9 mil milhões de euros

O EBITDA consolidado do grupo retalhista nacional cresceu 12,6% na primeira metade deste ano

BPI, Multibanco e Fidelidade lideram marcas do sector financeiro com melhor reputação

Numa escala de 100 pontos, este estudo destaca as três marcas com melhor avaliação: a Nestlé com o melhor índice de reputação e relação emocional com 86,2 pontos, logo seguida pelas marcas Delta e Olá com 85,8 pontos e 84,1 pontos respetivamente.

Auchan e in-Store Media criam solução pioneira para facilitar a relação entre marcas e consumidores

A nova comunicação no ponto de venda da Auchan esta presente nas 35 lojas de grande formato (31 hipermercados e quatro supermercados) em todo o país com suportes tradicionais e um circuito de sinalização digital de mais de 1.500 écrans e também em auchan.pt com suportes específicos de comunicação ‘online’.
Comentários