Mota-Engil e Ibersol elevam PSI 20. Cofina dispara mais de 5%

O principal índice bolsista português, PSI 20, abriu a sessão desta terça-feira com uma subida de 0,11% para 4.856,67 pontos, com a maioria das suas congéneres europeias a negociarem mistas.

Reuters

Das principais cotadas portuguesas, destaque para a Mota-Engil que sobe 1,70% para 1,91 euros. Já a Ibersol cresce 1,48%, para 8,24 euros, enquanto a Jerónimo Martins valoriza 0,68%, para 14,81 euros. Em terreno positivo está também o BCP, que sobe 0,20% para 0,20 euros.

Depois de na segunda-feira ter atingido uma valorização acima dos 14%, a Cofina está a negociar com uma valorização de 5,49%, para 0,53 euros. Esta é a segunda sessão da empresa liderada por Paulo Fernandes, depois da suspensão decretada pela CMVM, devido às negociações exclusivas entre a Cofina e a Prisa para a compra da Media Capital, a dona da TVI.

Das cotadas nacionais a negociarem no ‘vermelho’ neste início de sessão destacam-se a Francisco Ramada que desce 1,61%, para 6,12 euros, a Sonae Capital que cai 0,96%, para 0,62 euros, a Altri que desvaloriza 0,80%, para 5,56 euros e a Navigator que deprecia 0,54%, para 2,97 euros.

Na Europa as cotadas abriram a sessão a negociar em terreno misto. Na Alemanha, o DAX desce 0,01%, no Reino Unido, o FTSE 100 sobe 0,27%, o francês CAC 40 valoriza 0,06%, o holandês AEX cresce 0,08%. Em Espanha, o IBEX35 desvaloriza 0,39% e o italiano FTSE MIB cai 0,40%.

No mercado petrolífero a cotação do barril de Brent valoriza 0,17%, com valor de 59,84 dólares, enquanto a cotação do crude WTI cresce 0,25%, para 56,28 dólares por barril.

No mercado cambial, o euro desvaloriza 0,01%, para 1,10 dólares.

Ler mais

Recomendadas

Wall Street negoceia no vermelho contagiado pelos receios das congéneres europeias devido ao coronavírus

O Dow Jones perde 2,65%, para 28.223,53 pontos, o S&P 500 cai 2,56%, para 3.253,47 pontos, e o Nasdaq desvaloriza 2,89%, para 9.297,77 pontos.

Coronavírus: Petróleo negoceia em queda devido a riscos de propagação da epidemia

Cerca das 11:55 (hora de Lisboa) o barril de Brent do mar do Norte para entrega em abril negociava a 56,05 dólares no mercado de Londres, uma descida de 4,19% em relação ao preço de encerramento na sexta-feira.

Coronavírus coloca Wall Street à defesa

É expectável que exista uma resposta, talvez mesmo coordenada, de vários países e autoridades monetárias, o que poderá vir a suportar o mercado.
Comentários