Motoristas avançam com queixa contra o Estado no Tribunal Europeu dos Direitos do Homem

O SNMMP vai também pedir a impugnação dos serviços mínimos decretados pelo Governo para a greve no Tribunal Administrativo e Fiscal de Lisboa.

O Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP) vai avançar com uma queixa no Tribunal Europeu dos Direitos do Homem contra o Estado Português, “pela violação clamorosa do direito à greve e a aliança entre o poder político e as empresas contra o povo português”, anunciou o advogado e porta-voz do SNMPP no grupo de Facebook “Eu Estou Com Os Motoristas”, na quarta-feira à noite, 7 de agosto.

O SNMMP vai também pedir a impugnação dos serviços mínimos decretados pelo Governo para a greve no Tribunal Administrativo e Fiscal de Lisboa. “A luta já não é só dos motoristas. É dos portugueses”, salientou Pardal Henriques.

De acordo com o anunciado na quarta-feira, os motoristas dos sindicatos independentes terão de assegurar entre 50% e 75% de serviços mínimos,dependendo do tipo de mercadorias em questão. Além da definição de requisitos mínimos de 50% e 75%, os serviços considerados essenciais terão obrigatoriamente terão de ter serviços a 100%.

“Vamos refletir sobre este atentado e esta barbaridade. É possível cumprir [os serviços mínimos] desde que não se faça greve”, afirmou Pardal Henriques após o anunciado pelo Governo.

O porta-voz do SNMMP acusou ainda o Governo de ser aliado da ANTRAM, a associação patronal que está em pleno braço de ferro com os motoristas.

 

Ler mais
Relacionadas
pedro-pardal-henriques-SNMMP

Líder dos motoristas vai ser cabeça-de-lista em Lisboa pelo partido de Marinho e Pinto nas legislativas

No centro da polémica do braço de ferro entre camionistas e ANTRAM, Pardal Henriques terá agora o objetivo de entrar no Parlamento e, partir de lá, influir ainda mais a política nacional.

Aplicação Waze mostra onde estão os postos de combustível de emergência

A Waze juntou-se aos voluntários digitais da Vost para mostrar aos automobilistas qual a localização dos postos da rede REPA durante a greve dos motoristas.

Preocupação e contestação. O que dizem os partidos políticos sobre a greve dos motoristas

O Governo declarou esta quarta-feira o estado de crise energética para que sejam assegurados os serviços mínimos para a greve dos motoristas, marcada para segunda-feira, dia 12. Saiba o que dizem os diferentes partidos sobre a greve.
Recomendadas

OE2021: Federação sindical pediu alterações ao BE e ao PS

A Federação de Sindicatos da Administração Pública (FESAP) pediu hoje aos deputados do Bloco de Esquerda e do Partido Socialista que proponham alterações ao Orçamento do Estado (OE) para 2021 que respondam às reivindicações dos funcionários públicos.

América Latina é a região mais afetada por notícias falsas sobre covid

o Observatório de Infodemia Covid-19 da Fundação Bruno Kessler refere que, dos 83 países em estudo, os 15, onde a fiabilidade das informações sobre a doença difundidos através dos meios digitais é a mais baixa, encontram-se na América Latina, onde 59% do que se publica é considerado “fiável”.

Covid-19: Bastonária dos farmacêuticos diz que Saúde falhou planeamento do inverno

A bastonária dos farmacêuticos defendeu hoje que o país, nomeadamente a área da Saúde, falhou a preparação do período de outono-inverno e criticou a “comunicação bastante irregular” que tem sido feita da pandemia, que não se combate com “normativos”.
Comentários