“Não pedi para sair”. Jamila Madeira surpreendida com substituição no Governo

“Não pedi para sair e, naturalmente, fiquei muito surpreendida com a opção da sra. ministra da Saúde”, referiu ao jornal “Expresso” Jamila Madeira sobre a alteração anunciada na quarta-feira, 16 de agosto.

A ex-secretária de Estado-adjunta da Saúde, Jamila Madeira assumiu estar surpreendida com a sua substituição no Governo por António Lacerda Sales, esta quinta-feira, 17 de setembro, após a remodelação conhecida esta quarta-feira.

“Não pedi para sair e, naturalmente, fiquei muito surpreendida com a opção da sra. ministra da Saúde”, referiu ao jornal “Expresso” Jamila Madeira sobre a alteração anunciada na quarta-feira, 16 de agosto.

Jamila Madeira contou que chegou a estar escalada para participar na conferência de imprensa da Direção Geral da Saúde de quarta-feira, 17 de setembro. “Saio de consciência tranquila de missão cumprida com a certeza de que fiz tudo ao meu alcance num ano particularmente inédito”, garantiu, desejando ainda “votos” para que o Governo de António Costa com que teve “orgulho em trabalhar”.

A notícia do Expresso, sucede a do Público que dá conta que a ministra da Saúde, Marta Temido exigiu a saída de Jamila Madeira tendo tido preferência que António Lacerda Sales assumisse o cargo de secretário de Estado adjunto. Para o Ministério da Saúde vai entrar Diogo Serras Lopes que até aqui era vice-presidente do conselho diretivo da Administração Central do Sistema de Saúde.

O motivo para a saída de Jamila Madeira do Governo não está claro e até há pouco tempo a ex-secretária de Estado-adjunta da Saúde participava das conferências de imprensa da DGS onde dava nota de vários aspetos relacionados com a Covid-19. A 9 de setembro, na sua última intervenção nas habituais conferências de imprensa da DGS, Jamila Madeira anunciava “um investimento de 20 milhões de euros” para “a aquisição de máscaras cirúrgicas, respiradores, óculos, viseiras, fatos de proteção”.

Jamila Madeira é antiga líder da Juventude Socialista, eurodeputada e dirigente do PS e a sua saída do Governo foi acompanhada por outras alterações no executivo de António Costa. Alberto de Souto de Mira deixa o cargo de secretário de Estado Adjunto e das Comunicações e será substituído por Hugo Santos Mendes. A remodelações abrangem também a antiga Ana Pinho secretária de Estado da Habitação, Ana Pinho, cujo cargo passará a ser ocupado por Marina Gonçalves.

 

Ler mais
Relacionadas

Remodelação no Governo: Costa muda cinco secretários de Estado abrangendo Educação, Saúde, Infraestruturas e Mar

Jamila Madeira, antiga líder da Juventude Socialista, eurodeputada e dirigente do PS, sai das funções de secretária de Estado Adjunta e da Saúde, cargo que passa a ser desempenhado por António Sales, que sobe assim na hierarquia da equipa liderada pela ministra Marta Temido.
Recomendadas

PAN: “Estado de Emergência não significa necessariamente que tenha que existir um confinamento”

Em declarações ao Jornal Económico, Inês Sousa-Real assinala que “o que importa neste momento é percebermos onde é que estão as cadeias de transmissão”, defendendo que proporcionalidade e adequação das medidas consoante as localidades e regiões.

“Não desistimos de nenhuma batalha antes de acabar”. PCP apresenta propostas de alteração ao OE 2021

Entre as medidas apresentadas, no campo da justiça fiscal, João Oliveira anunciou que os comunistas pretendem a “atualização dos escalões IRS, o aumento de mais um escalão neste imposto aumentando a progressividade do mesmo, bem como o aumento dos chamados valores do mínimo de existência e dedução especifica, permitindo cumprir o objetivo de redução da tributação dos rendimentos mais baixos, intermédios”.

Governo vai ter de responder a providência cautelar do Chega contra restrições à circulação sem estado de emergência

Supremo Tribunal Administrativo dá 24 horas ao Conselho de Ministros para se pronunciar sobre alegação de inconstitucionalidade da resolução que proíbe deslocações entre concelhos das 00h00 de sábado até às 06h00 da próxima terça-feira.
Comentários