PremiumNazaré da Costa Cabral: “Reduzir a dívida pública é reforçar a soberania nacional”

Presidente do Conselho de Finanças Públicas, Nazaré da Costa Cabral, defendeu consolidação orçamental no encerramento da conferência.

A necessidade de consolidação orçamental e o impacto das medidas previstas no Orçamento do Estado para 2020 (OE2020) esteve em debate entre os oradores da conferência “Orçamento do Estado 2020”, no Centro Cultural de Belém, organizada em conjunto pela EY e Jornal Económico.

Falando no encerramento da iniciativa que teve lugar no Centro Cultural de Belém, em Lisboa, a presidente do Conselho de Finanças Públicas, Nazaré da Costa Cabral, defendeu que Portugal terá que continuar a percorrer o caminho da consolidação orçamental e realçou a importância de diminuir o peso da dívida pública.

“Não nos podemos dar ao luxo de prescindir de uma elevada disciplina orçamental, pois ainda temos que progredir muito em termos de redução do peso da nossa dívida pública”, disse Nazaré da Costa Cabral. “É um desígnio nacional porque reduzir a dívida pública num país em que essa dívida é ainda fundamentalmente dívida externa significa fundamentalmente reforçar a independência nacional”, acrescentou.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

Daniel Proença de Carvalho: “É evidente que há uma promiscuidade entre certos setores da justiça com alguns media”

“Devia haver coimas para quem violasse o segredo de justiça, independentemente da forma como foi obtida a informação”, vincou o antigo presidente da Uría Menéndez-Proença de Carvalho, que defendeu que “a mediatização” da Justiça é uma causa para a degradação da confiança que os portugueses depositam nesta função do Estado.

PremiumRicardo Mourinho Félix: “A austeridade acabou, mas também a política pró-cíclica”

Iniciativa organizada pelo Jornal Económico e pela EY sobre o Orçamento do Estado para 2020 abordou relação entre os impostos pagos pelos portugueses e os serviços públicos de que usufruem.

Pode um orçamento comum estabilizar a zona euro? Nova SBE debate futuro da Europa

Debate moderado pelo diretor adjunto do JE, Shrikesh Laxmidas, oferece uma reflexão sobre se o orçamento para a zona euro pode ajudar à estabilização dos países do espaço europeu e tem lugar no âmbito do ciclo de conferências “Economia Viva”, que vai realizar-se nas instalações da Nova School of Business and Economics, no campus de Carcavelos.
Comentários