PremiumNEC abre Centro de Excelência em Tecnologias Aeroportuárias em Portugal

Portugal acolhe primeiro centro de excelência em tecnologias aeroportuárias fora dos Estados Unidos. NEC Portugal ganha nova área de negócio para servir operação global da multinacional na aviação.

A NEC Corporation, grupo multinacional de origem japonesa especialista em tecnologias de sistemas de informação e telecomunicações, escolheu Portugal para abrir o seu primeiro Centro de Excelência em Tecnologias Aeroportuárias fora dos Estados Unidos, apurou o Jornal Económico junto da NEC Portugal, subsidiária do grupo japonês.

A NEC Portugal ganhou, assim, uma nova unidade tecnológica e entrou numa nova área de negócio, com a operação global da aviação do grupo a ser também servida a partir de Portugal.

“Este centro de excelência representa uma aposta global da empresa na aviação, e em Portugal estamos a falar da criação de uma nova unidade de inovação tecnológica que servirá a unidade global, onde temos como objetivo expandir o nosso catálogo de produtos e investir na criação de novas soluções inovadoras na área da aviação”, explicou o diretor global  de aviation solutions da NEC nos Estados Unidos e responsável pela nova unidade da NEC Portugal, Igor Oliveira.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

Bayer compra empresa de biotecnologia americana por 3,3 mil milhões de euros

A empresa alemã vai pagar metade da verba, enquanto a outra metade será paga de acordo com os objetivos atingidos pela Asklepios BioPharmaceutical, que aposta em terapias genéticas e tratamentos contra a doença de Parkinson e problemas cardíacos.

Allianz compra 75% da Galp Gás Natural Distribuição por 368 milhões

A operação ficou fechada por 368milhões de euros. A Galp Gás Natural Distribuição detém nove empresas regionais de distribuição de gás natural em Portugal.

Estudo de impacto ambiental dá ‘luz verde’ ao projeto de modernização do terminal de contentores de Alcântara

Em entrevista ao Jornal Económico, Diogo Marecos, administrador da Liscont, concessionária do terminal detida pelo grupo turco Yilport, garante que a empresa está pronta para avançar com este projeto no primeiro trimestre de 2021, cujo investimento, de 120 milhões de euros, será da sua exclusiva responsabilidade.
Comentários