Nelson Tanure antecipa-se à assembleia geral e demite-se da Pharol

Em comunicado divulgado pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, a Pharol explicou que “Nelson Sequeiros Rodriguez Tanure renunciou, a 6 de Dezembro de 2019, ao respetivo cargo de membro não executivo do Conselho de Administração” da empresa. Não foram avançados mais detalhes.

Não foi preciso esperar pela assembleia geral extraordinária de acionistas da Pharol, marcada para o dia 18 de dezembro, para que Nelson Tanure fosse destituído da ex-Portugal Telecom. O empresário brasileiro e até hoje membro não-executivo do conselho de administração da Pharol demitiu-se.

Em comunicado divulgado pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, a Pharol explicou que “Nelson Sequeiros Rodriguez Tanure renunciou, a 6 de Dezembro de 2019, ao respetivo cargo de membro não executivo do Conselho de Administração” da empresa. Não foram avançados mais detalhes.

No dia 21 de novembro, a Pharol anunciou a convocação de uma assembleia-geral extraordinária de acionistas com dois pontos em agenda. O primeiro visava reduzir os “números mínimo e máximo de membros do conselho de administração da sociedade”, alterando o nº1 do artigo 18º dos estatutos da Pharol. Caso aprovada, o nova redação deste preceito será “O conselho de administração é composto por um mínimo de três e um máximo de sete membros”.

O segundo, que só iria ser deliberado se o primeiro fosse aprovado, os acionistas iriam deliberar “sobre a destituição, com efeitos imediatos, de Nelson Sequeiros Rodriguez Tanure, de Jorge Augusto Santiago das Neves e de Aristóteles Luiz Menezes Vasconcellos Drummond, de membros do conselho de administração da sociedade”, lê-se na convocatória da assembleia geral extaordinária de acionistas.

Relacionadas

Acionistas da Pharol poderão votar destituição de Nelson Tanure na assembleia extraordinária de 18 de dezembro

Pharol quer reduzir os números mínimo e máximos dos membros do conselho de administração. Em caso de aprovação, acionistas vão deliberar de seguida sobre a distituição com efeitos imediatos de Nelson Tanure, de Aristóteles Vasconcellos Drummond e de Jorge Augusto Santiago das Neves de membros do conselho de administração.
Recomendadas

Epson Europa vê Portugal como “mercado totalmente estratégico”

Raúl Sanahuja, responsável de Relações Públicas e Comunicação da Epson, considera que as empresas portuguesas são mais “ousadas” e “lançadas” na integração de tecnologia de impressão.

“Problemas no setor de aviação convertem-se em oportunidades”, considera CEO da EuroAtlantic

Quais os grandes desafios que o setor da aviação vai ter que ultrapassar? Eugénio Fernandes, CEO da EuroAtlantic, esclarece que a empresa funciona em contraciclo com o mercado e que os problemas no setor convertem-se em oportunidades. Quanto aos problemas, este responsável aponta a falta de pessoal como questão a ultrapassar.

PremiumPartner da Peugeot lidera vendas nacionais da marca

Jean-Philippe Imparato explicou ao Jornal Económico a evolução global da marca no ano passado, com uma quebra de 8,8% registada nas suas vendas mundiais (excluído o mercado do Irão).
Comentários