Nem sempre o caminho mais perto é o caminho mais seguro: GNR deixa conselhos para pais e estudantes no regresso às aulas

A GNR também aconselha os jovens estudantes a terem cuidado na internet, incluindo não partilhar as palavras-passe com os amigos.

A Guarda Nacional Republicana (GNR) lançou hoje a Operação Regresso às Aulas 2019 que decorre até 20 de setembro.

Com cerca de cinco mil estabelecimentos de ensino à sua responsabilidade, os militares da GNR vão realizar um conjunto de ações com o objetivo de transmitir conselhos de segurança a pais e alunos, incluindo como navegar em segurança na internet.

Conselhos de segurança da GNR no regresso às aulas

Aos jovens estudantes:

  • No deslocamento de e para a escola circula sempre que possível acompanhado ou em grupo e evita passar em locais isolados ou com pouca luz;
  • Nem sempre o caminho mais perto é o caminho mais seguro;
  • Memoriza no telemóvel o número do Posto da GNR local, num dos números de marcação rápida;
  • Espera pelos teus pais, por algum familiar ou amigo, dentro da escola;

Na internet:

  • Escolhe bem os conteúdos que publicas;
  • Palavras-passe: não as deixes acessíveis, não as mostres a amigos, altera-as e usa diferentes para vários serviços;
  • Se te sentires ameaçado na internet, pede ajuda a outra pessoa;
  • Qualquer pessoa pode estar online. Não acredites em tudo o que te dizem ou mostram;
  • Não te isoles. Se te acontecer algo perturbador online, denuncia;
  • Sempre que tiveres um problema, informa os teus pais ou encarregados de educação ou pede ajuda a um professor ou a um auxiliar da escola.

Aos pais:

  • Acompanhe o desenvolvimento escolar do seu filho e as suas rotinas;
  • Ensine o seu filho a colocar o número do posto da GNR local, num número de marcação rápida;
  • Sempre que tiver conhecimento ou suspeita de que o seu filho ou colegas estejam a ser vítimas de ameaças, agressões ou outro tipo de crime, informe de imediato a GNR.
Ler mais
Recomendadas

Costa anuncia interrupção de voos com o Reino Unido a partir de sábado

António Costa anunciou esta medida e o reconhecimento mútuo de testes rápidos após ter participado por videoconferência numa cimeira informal de líderes da União Europeia destinada a coordenar entre os Estados-membros as medidas de combate à covid-19.

SEF pagou mais de 712 mil euros à família de Ihor Homeniuk

A verba da indemnização, fixada pela Provedora de Justiça e aceite pelos familiares da vítima, foi comunicada ao advogado da família do cidadão ucraniano, segundo o Governo.

“Pessoas têm que fazer esse sacrifício”. Rui Rio faz apelo ao voto nas presidenciais

O líder do PSD realça que existe “obrigação de organizar o ato de forma bem melhor do que aquilo que organizou no último domingo”.
Comentários