Nós Cidadãos quer requalificação da Marina do Funchal

O partido alerta para o estado de degradação da Marina do Funchal e acusa PSD de falta de ausência de rumo.

O Nós Cidadãos reivindicou obras de requalificação da Marina do Funchal. O partido critica o estado de degradação do espaço e considera que esta não transmite uma imagem “positiva, hospitaleira, moderna e que ajude a potenciar quer a cidade do Funchal quer a ilha da Madeira”.

O partido critica a ausência de rumo e de governação do PSD, e considera que o estado em que se encontra a Marina do Funchal é uma imagem de uma parte da cidade que ficou “ignorada, estagnada e que está descuidada e precisa de uma requalificação (e revitalização), que o Governo Regional já por diversas vezes prometeu, mas que continua sem executar/cumprir”.

O Nós Cidadãos lembra que o vice-presidente do Governo Regional, Pedro Calado, e também candidato do PSD/CDS-PP à Câmara do Funchal, anunciou investimentos na requalificação dos portos da região, mas esqueceu-se de “anunciar a tão útil e urgente intervenção que transformará (e modernizará) a marina do Funchal, espaço
pertencente à Administração dos Portos da Madeira (APRAM)”.

O partifo lembra que em fevereiro a APRAM abriu um concurso para a requalificação da Marina do Funchal, no valor de 1,7 milhões de euros. “Entretanto, em 2020, o projeto é adiado e o inicialmente planeado para custar apenas 1,7
milhões, parece que vai agora ficar pelos sete milhões de euros e vai abranger a requalificação de toda a infraestrutura da marina do Funchal”, acrescenta.

O Nós Cidadãos questiona o executivo regional quando é que este projeto de requalificação da Marina do Funchal se concretiza.

“Felizmente, os cidadãos já não ficam sossegados quando o Governo (e os seus governantes) faltam à palavra. A consequência disto é simples: para muitos, hoje a palavra do Governo não vale nada”, afirma o partido.

Ler mais
Recomendadas

Clube de Golfe do Santo da Serra recebe certificado Madeira Safe to Discover

O secretário regional do Turismo e Cultura realçou ainda a importância de todo o destino estar envolvido nesta lógica do destino certificado.

Assembleia da Madeira discute PRR e fundos europeus como instrumentos para a recuperação económica

A pandemia tem abalado fortemente quer a economia regional quer as receitas e despesas do executivo regional, o que torna as verbas europeias um instrumento ainda mais precioso para a recuperação económica da região autónoma. As perdas no turismo da Madeira já atingiram os 75% enquanto que o Governo da Madeira obteve um défice de 30,6 milhões de euros.

Madeira regista nove casos positivos e 21 recuperados de covid-19

A Madeira tem 240 casos ativos de coronavírus, 18 são importados e 222 de transmissão local. 85 situações estão em estudo pelas autoridades de saúde.
Comentários