Nova Procuradora-Geral da República toma posse dia 12

Lucília Gago, a Procuradora-Geral da República que vai substituir Joana Marques Vidal, vai tomar posse no Palácio de Belém a 12 de outubro.

Lucília Gago, a nova Procuradora-Geral da República, vai tomar posse no dia 12 de outubro às 15 horas no Palácio de Belém.

A até agora Procuradora-Geral Adjunta substitui Joana Marques Vidal, que esteve no cargo durante seis anos.

Marcelo Rebelo de Sousa considerou que Lucília Gago garante “a continuidade da linha de salvaguarda do Estado de Direito Democrático, do combate à corrupção e da defesa da Justiça igual para todos, sem condescendências ou favoritismos para com ninguém, tão dedicada e inteligentemente prosseguida” por Joana Marques Vidal.

Licenciada em Direito pela Universidade de Lisboa, Lucília Gago, de 62 anos, trabalhou como Delegada do Procurador da República e Procuradora da República na Vara Criminal de Lisboa, no Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa e no Tribunal de Família e Menores de Lisboa.

Após seis anos de Joana Marques Vidal (incluindo vários meses de discussão sobre a possível recondução do cargo), irá agora liderar o Ministério Público. Antes de Joana Marques Vidal, os anteriores titulares deo cargo foram Pinto Monteiro (2006-2012), Souto de Moura (2000-2006), Cunha Rodrigues (1984-2000), Arala Chaves (1977-1984) e Pinheiro Farinha (1974-1977).

 

 

 

Ler mais
Relacionadas

Costa afirma que houve “absoluto consenso” entre Governo e Presidente da República na escolha de PGR

O primeiro-ministro, António Costa, afirmou hoje que houve “absoluto consenso” entre o Governo e o Presidente da República no processo de substituição de Joana Marques Vidal por Lucília Gago no cargo de procuradora-geral da República.

PremiumBastonário dos advogados: “Escolha da PGR foi mal tratada e criou dúvidas”

Guilherme Figueiredo é o convidado do programa “Decisores”, que será emitido hoje no ‘site’ do JE, e defende que se os processos não correrem vai-se culpar Lucília Gago e não é justo. A entrevista completa poderá ser lida na próxima edição.

Cavaco Silva: “A não recondução” de Joana Marques Vidal “é algo estranhíssimo”

“Eu sou levado a pensar que esta decisão política de não recondução de Joana Marques Vidal é talvez a mais estranha tomada no mandato do Governo que geralmente é conhecido como geringonça”, disse Cavaco Silva à margem do congresso da Associação Portuguesa para o desenvolvimento das Comunicações (APDC), onde foi agraciado com o título de sócio honorário.

Do Marquês ao e-toupeira: Sete processos que marcaram o mandato de Joana Marques Vidal

Da política, passando pelas empresas, até ao desporto, nenhum sector escapou às investigações criminais do MP. Estes foram os processos mais mediáticos que marcaram o mandato da procuradora-geral.
Recomendadas

Visitas ao site do JE disparam em novembro, com subida de 33% para 5,8 milhões

O número de utilizadores do site do Jornal Económico aumentou 30% em novembro, face a outubro, para um total de 2,7 milhões. Acessos móveis representaram 79% do total. Plataforma multimédia JE TV tem cada vez mais telespectadores. Obrigado pela sua preferência!

OCDE diz que economia mundial vai contrair 4,2% em 2020, recuperando 4,2% e 3,7% nos anos seguintes

China vai concentrar um terço do crescimento mundial em 2021 e é a única das principais economias a terminar 2020 com nota positiva. Zona euro sofre uma quebra de 7,5% este ano, e nos seguintes terá, tal como os Estados Unidos, “um contributo menor do que o seu peso na economia mundial” no que toca à recuperação.

OCDE prevê que economia portuguesa cresça apenas 1,7% em 2021 e 1,9% em 2022

“Economic Outlook” prevê recuperação mais lenta da economia nacional do que a prevista pelo Governo e um pico do desemprego no próximo ano. Mas revê em baixa a quebra do PIB em 2020, apontando para 8,4%.
Comentários