Nove startups portuguesas na corrida a investimento de até dois milhões de euros

A Feira do Empreendedor, organizada pela Associação Nacional de Jovens Empresários, decorre esta quinta-feira e começa com a ronda de investimento WE’BIZ Pitch. A ibérica Conexo Ventures, a britânica Merism Capital e a espanhola Faraday Venture Partners estão disponíveis para desembolsar.

Há nove startups portuguesas que vão estar esta quinta-feira a tentar conquistar três sociedades de capital de risco internacionais que vêm ao Porto com cerca de dois milhões de euros no bolso: a ibérica Conexo Ventures, a britânica Merism Capital e a espanhola Faraday Venture Partners.

A Feira do Empreendedor, organizada pela Associação Nacional de Jovens Empresários (ANJE), decorre esta quinta-feira, 6 de dezembro, e começa com a ronda de investimento WE’BIZ Pitch, cuja missão é “facilitar a captação de investimento das startups portuguesas”.

“Os tickets de investimento variam de investidor para investidor, sendo que nem todos comunicam claramente o valor médio das suas operações. Não há um número definido de startups que vão ou não garantir investimento. Há apenas a garantia da reunião. Os resultados dependem da conversa entre o empreendedor e o investidor”, disse ao Jornal Económico fonte da ANJE.

Segundo a associação, a ronda de financiamento será operacionalizada através de sessões ‘one to one’ que vão colocar frente a frente empreendedores e investidores, entre as 11:00 e as 13:00, na Alfândega do Porto. As microempresas escolhidas (na lista abaixo) foram escolhidas a dedo por convidados da organização, a partir dos pitch decks enviados pelos concorrentes.

Quem são os investidores?

  • Conexo Ventures/GED Capital – Está em Portugal através do seu general partner, Javier Artiach Basterral. Com forte presença nos Estados Unidos e América Latina, oferece smart money (capital e participação ativa na operacionalização da estratégia do negócio) a projetos de software disruptivos e escaláveis (blockchain, inteligência artificial para marketplaces, pagamentos, fintech e insurtech).
  • Faraday Venture Partners – Está representada pelo seu managing partner e chief investment officer, Gonzalo Tradacete Gallart. Por norma, investe entre 150 mil euros e dois milhões de euros por operação e procura projetos com provas de interesse claras do mercado (primeiras vendas ou contratos).
  • Merism Capital – Pela voz do seu fundador, Stephen Rockman, vem ao país. Trata-se de um operador de mercado com investimento focado na fase early stage e com um portefólio onde se evidenciam as áreas de reciclagem, healthtech, edtech e software. As suas operações vão, geralmente, até aos 250 mil euros e incluem a cedência de equity pelos empreendedores.

Conheça o negócio dos nove vencedores

  • Mobiqueue – Aplicação para consultar, em tempo real, o estado de uma fila de espera de um estabelecimento e aceder a um conjunto de informações úteis sobre o mesmo. Além disso , o utilizador pode tirar uma senha virtual.
  • Ubismart – Plataforma que realiza e envia relatórios de informação segmentada que contemplam as várias dimensões de uma empresa (vendas, marketing ou recursos humanos), usando métricas e dados em tempo real.
  • Buzzstreets – Solução tecnológica de navegação e localização dentro de espaços interiores e exteriores (wayfinding). Através da realidade aumentada e de dados em tempo real, é possível executar a sua visita a um local público.
  • ImpactmarketOpen source descentralizada que pretende impulsionar iniciativas sociais e solidárias e analisar o seu impacto.
  • Performetric – Aplicação que visa ajudar a gerir a fadiga em tempo real e aumentar a produtividade, porque deteta o cansaço do utilizador e garante que o ajnegociouda a atenuar.
  • Ínclita Seaweed Solutions – Empresa que se dedica à produção e comercialização de extratos de alga que servem as indústrias da alimentação, cosmética e farmácia.
  • Cuckuu – “Alarme-rede social” que permite partilhar conteúdos variados, como fotografias, vídeos e mensagens em jeito de alarme para despertar a atenção dos outros.
  • Eventgo – Plataforma para organizar, promover e financiar eventos através de sistemas/tecnologias como a blockchain e o ego system.
  • Eattasty – Uma cantina virtual que possibilita a qualquer pessoa de recomendar uma refeição caseira cozinhada por um chef certificado, a ser entregue em qualquer lugar.
Ler mais
Relacionadas

Associação de Jovens Empresários desafia estudantes para ‘pitch’. Farfetch, Super Bock ou Efacec vão estar a ouvir

A primeira edição do desafio ChallANJE realiza-se esta quarta-feira a partir das 8h30, no Porto.
Recomendadas

Google suspende negócios com a Huawei após lista negra de Trump

A Huawei vai perder imediatamente acesso a atualizações do sistema operativo Android, e a próxima versão dos seus smartphones fora da China vai também perder acesso a aplicações e servios, incluindo o Google Play Store e o Gmail app.

Empresas do vinho do Porto satisfeitas com devolução de diploma sobre Casa do Douro

Criada em 1932 para defender os viticultores e a viticultura duriense na mais antiga região regulamentada e demarcada do mundo, a Casa do Douro foi perdendo atribuições até que a sua dimensão pública foi extinta em dezembro de 2014, no Governo PSD/CDS-PP, e a sua gestão entregue a uma organização privada, a Federação Renovação do Douro.

Cellnex e DST/Cube avançam para compra da fibra óptica da MEO

Há três candidatos que se preparam para avançar com propostas vinculativas para comprar a rede de fibra ótica da Meo. Entre eles a espanhola Cellnex e a DST em parceria com o Fundo Cube.
Comentários