Novo Banco lança “Projeto Sertorius” para a venda de imóveis no valor de 500 milhões

O banco liderado por António Ramalho enviou aos investidores o anúncio da alienação de um novo portefólio de imóveis. A meta é fechar a venda até ao fim de junho.

Cristina Bernardo

O Novo Banco enviou aos investidores o anúncio de lançamento de um novo portefólio composto por 200 ativos imobiliários e com o valor contabilístico bruto de 500 milhões de euros, noticia o Jornal Económico na última edição (esta quinta-feira nas bancas).

A carteira consiste principalmente (cerca de dois terços) em terrenos não edificados e alguns ativos imobiliários industriais, mas há também alguns imóveis residenciais e comerciais. De acordo com a informação transmitida por uma fonte ao semanário, a maioria dos imóveis em causa estão concentrados nos distritos de Lisboa e Setúbal.

Esta venda, que é a segunda relativa a incumprimento de crédito, chama-se Projeto Sertorius, por referência ao general rebelde romano Táutalo Sertório que, depois do general lusitano Viriato ter sido assassinado por traição, liderou o exército dos lusitanos contra Roma no século I A.C.

A PwC está a assessorar o Novo Banco nesta operação.

Recomendadas

Crédito Agrícola elege hoje novos órgãos sociais

A lista encabeçada por Licínio Pina é a única concorrente. O atual presidente está à frente dos destinos da Caixa Central de Crédito Agrícola desde 2013.

BCP compromete-se a apresentar contraproposta salarial para 2018

Presidente do Sindicato dos Bancários do Norte diz que o BCP se comprometeu a entregar uma contraproposta “no início da próxima semana” para ser avaliada pelos sindicatos e discutida na próxima reunião.

Grandes devedores da banca: Ferro Rodrigues agenda para dia 28 de maio a reunião que vai definir acesso

Até à implementação das regras de acesso e de divulgação, o relatório extraordinário fica depositado no gabinete do Ferro Rodrigues. Há uma parte do relatório que não será tornado público por causa de questões de sigilo.
Comentários