Novo fundo europeu tem 75 milhões de euros para apoiar economia azul

A Comissão Europeia e Fundo Europeu de Investimento apresentaram esta terça-feira o Fundo BlueInvest.

Jeremy Bishop on Unsplash

A partir desta terça-feira, os “empreendedores do mar” têm mais apoios comunitários. A Comissão Europeia e o Fundo Europeu de Investimento lançaram hoje um fundo de investimento de capital próprio com 75 milhões de euros. O “BlueInvest” vai ser gerido pelo Fundo Europeu de Investimento e financiará fundos de investimento subjacentes associados à economia azul (atividades económicas relacionadas com os oceanos, os mares e as zonas costeiras).

Aliás, esta tem sido uma área de atividade na qual Portugal e União Europeia tem apostado nos últimos dois anos, tendo proliferado o número de programas de aceleração e de apoio a startups e Pequenas e Médias Empresas (PME) que desenvolvam soluções ecológicas, de aquacultura, de preservação marítima, biotecnologia, etc.

“Este setor pode desempenhar um papel importante na transição para uma economia neutra em termos de carbono até 2050, uma ambição anunciada no Pacto Ecológico Europeu. O novo programa é apoiado pelo Fundo Europeu para Investimentos Estratégicos [FEIE]”, refere a instituição liderada por Ursula von der Leyen, em comunicado.

Para o comissário europeu do Ambiente, Oceanos e Pescas, este fundo permite “desbloquear” o potencial da economia do mar. “Se é verdade que oceanos são os primeiros a ser afetados pelas alterações climáticas, não é menos verdade que também reservam muitas soluções para combater a emergência climática em todos os setores marítimos”, afirmou Virginijus Sinkevičius, aquando deste lançamento.

O Fundo Europeu dos Assuntos Marítimos e das Pescas, Bruxelas também financia um regime de subvenções de 40 milhões de euros para ajudar as PME da economia azul a desenvolver e a comercializar produtos, tecnologias e serviços inovadores e sustentáveis.

“Embora sejam fundamentais para a vida na Terra, os oceanos estão ameaçados e precisam de ser protegidos. É por esta razão que estamos a desenvolver soluções de financiamento inovadoras para apoiar a economia azul, que nos permitam financiar a proteção dos oceanos e transformar os mares num recurso económico sustentável”, disse Emma Navarro, vice-presidente do Banco Europeu de Investimento.

Ler mais

Recomendadas

PremiumOrçamento de longo prazo da União Europeia continua num impasse

Líderes europeus discutem em Bruxelas a dotação de verbas do próximo quadro plurianual, mas ‘Amigos da Coesão’ e ‘contribuintes líquidos’ só concordam em discordar da proposta apresentada por Charles Michel.

Covid-19: Economia da China poderá retomar normalidade no segundo trimestre, diz diretora do FMI

Segundo a diretora-geral do FMI, em janeiro foi projetado “um crescimento global de 2,9%, no ano passado, para 3,3% neste ano. Desde então, o Covid-19 – uma emergência de saúde global – interrompeu as atividades [económicas] na China”.

ISV: Fisco ‘perde’ recurso por ausência de respostas ao Constitucional

Na origem deste recurso esteve um processo, que correu no Centro de Arbitragem Administrativa (CAAD), movido por um contribuinte que reclamava da forma como foi aplicado o Imposto Sobre Veículos (ISV) num carro usado importado de outro país da União Europeia.
Comentários