Novo surto leva autoridades chinesas a testar os 11 milhões de residentes de Wuhan

Os novos casos estão relacionados a um surto crescente da variante Delta que atingiu mais de 20 cidades na China.

As autoridades de saúde chinesas exigiram, esta terça-feira, que todos os 11 milhões de residentes de Wuhan fizessem o teste de Covid-19, depois de novos casos terem surgido na cidade pela primeira vez depois de um ano sem registo de casos, segundo o “The Guardian”.

Na terça-feira, a comissão nacional de saúde reportou oito casos em Wuhan, a cidade onde a Covid-19 foi detetada pela primeira vez no final de 2019, antes de se espalhar pelo mundo. Os casos, três dos quais eram sintomáticos e cinco assintomáticos, estavam entre os 84 novos casos relatados em toda a China nas 24 horas até à noite de segunda-feira.

Os novos casos estão relacionados com um surto crescente da variante Delta que atingiu mais de 20 cidades, em mais de uma dúzia de províncias nas últimas semanas, incluindo a capital Pequim e Zhengzhou.

Os casos do vírus em Wuhan são as primeiras infeções locais na cidade desde que Wuhan conteve o primeiro grande surto de Covid-19 do mundo em 2020.

Em janeiro do ano passado, a cidade foi colocada sob confinamento que durou 76 dias . As restrições a Wuhan e à população alarmaram o mundo, mas quando o vírus começou a espalhar-se a gestão da pandemia foi replicada noutros países. Na altura uma das estratégias utilizadas em Wuhan foi a testagem em massa.

Recomendadas

Ricardo Baptista Leite: “Um concelho sem segurança e sem saúde não consegue prosperar”

As propostas a nível da saúde e segurança são os pilares da candidatura de Ricardo Baptista Leite à Câmara de Sintra. O médico e representante da coligação “Curar Sintra”, sob liderança do PSD, pretende reforçar o policiamento e a videovigilância no concelho, ao mesmo tempo que promete um médico assistente às mais de 100 mil famílias que não têm acesso a um. “Não é possível criar e fomentar um sentimento de bem-estar sem resolvermos estes problemas”.

Líder do CDS acusa Costa de “deslealdade perante os eleitores”

Em declarações aos jornalistas em Nelas (distrito de Viseu) à margem de uma iniciativa da campanha autárquica, Francisco Rodrigues dos Santos afirmou que “há uma questão ética e moral que deve haver na política, que é em altura de eleições alguém que ocupa a função de primeiro-ministro não deve exacerbar as suas funções e confundi-las com as de secretário-geral do PS”.

Funchal: Coligação Confiança garante construção de 202 novas habitações sociais

O cabeça de lista da Coligação Confiança referiu que gostaria que o Funchal também tivesse acesso às verbas do Plano de Recuperação e Resiliência, destinadas à construção de habitação social.
Comentários