PremiumNuno Palma: “O licenciado Pacheco Pereira é um académico falhado”

Na sequência da polémica levantada pela sua intervenção na Convenção do MEL, o professor da Universidade de Manchester Nuno Palma diz que “não há grande diferença entre Donald Trump e políticos como Pedro Marques, Ana Catarina Mendes, Miguel Costa Matos ou Pacheco Pereira”

Nuno Palma veio a Lisboa falar sobre “As Causas Míticas da Divergência Económica Portuguesa”. A sua intervenção, que pode ser ouvida na íntegra no sítio do Movimento Europa e Liberdade (MEL), levantou indignações na esquerda. Houve quem comentasse a partir de interpostos ecos. Um assunto técnico-científico passou a debate político. Em entrevista ao Jornal Económico, o professor da Universidade de Manchester explica substantivamente o que disse e não poupa nas palavras.

Ficou surpreendido com a polémica levantada em consequência da sua intervenção na terceira convenção do MEL?
Não fiquei surpreendido.

Está arrependido por ter aceite o convite para falar na convenção?
Não.

Qual foi a principal mensagem que procurou fazer passar na sua intervenção sobre a necessidade do crescimento e as causas da divergência de Portugal com a Europa?
A principal mensagem foi que a situação atual em que estamos é gravíssima, a maior parte das pessoas não está consciente do que se está a passar. Estamos a ficar cada vez mais pobres em relação à Europa. As gerações futuras estão a ficar comprometidas. Isto está-se a passar há mais de 21 anos. Isto devia abrir todos os jornais, todos os dias. Também falei das causas. Há causas próximas, e outras mais profundas ou fundamentais.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

PremiumSuba: A um nível superior

E na freguesia de Santa Catarina, no bairro da Bica, junto ao miradouro do Adamastor, que se localiza um dos tesouros menos conhecidos da capital, o Hotel Verride Palácio Santa Catarina.

PremiumJoão Rodrigues: De câmara e fato de neoprene, a sua missão é salvar os oceanos

Premiado internacionalmente e colaborador regular da revista “National Geographic Portugal”, João Rodrigues não prescinde da sua câmara para divulgar os mares portugueses e sensibilizar a comunidade para a importância da sua conservação.

PremiumEnoturismo: L’And Wine Club, onde o vinho é paixão

No resort de Montemor-o-Novo, onde a paisagem alentejana relaxa e faz sonhar, é possível pertencer a um exclusivo clube no qual pode produzir o seu próprio vinho, com casta, produção e garrafas personalizadas.
Comentários