Nuno Santos vai dirigir canal de TV da Federação Portuguesa de Futebol

Canal de televisão da FPF tem por objetivo chegar a quatro milhões de lares e poderá vir a concorrer no mercado dos direitos televisivos do futebol para Portugal.

O jornalista Nuno Santos vai ser o responsável pelo projeto “11”, plataforma de conteúdos que a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) vai lançar em março de 2019 e que inclui um canal de televisão, apurou o Jornal Económico.
Nuno Santos trabalhou fora de Portugal nos últimos anos, na África do Sul e em Espanha, e é uma das personalidades mais relevantes do panorama audiovisual. Jornalista de formação, foi Director de Programas e de Informação da RTP e da SIC. Lançou a SIC Notícias. Nos últimos cinco anos liderou projectos de conteúdos fora de Portugal na Multichoice, a maior plataforma de TV de África e também em Espanha na StoryLab do Grupo Dentsu Aegis.
Como o “Jornal Económico” noticiou há algumas semanas, em exclusivo, esta plataforma e o seu canal de TV são uma aposta forte da FPF, que pretende criar um espaço relevante de promoção do futebol. O objetivo é colocar o enfoque no trabalho de jogadores, treinadores e de todos aqueles que são responsáveis pela criação de valor na modalidade.
Nuno Santos começará a trabalhar este verão na formatação dos conteúdos do canal e na constituição da equipa de jornalistas, que já conta com alguns profissionais contratados nos últimos meses.
O JE apurou que a FPF estima levar o futebol a quatro milhões de lares logo de início e ainda não tem custos definitivos para o projeto, sendo que este, não visando o lucro, terá de se equilibrar entre receitas e custos de forma a enquadrar-se naquilo que tem sido norma nos sete anos de presidência de Fernando Gomes: contas sempre positivas.
O canal “11” poderá futuramente concorrer no mercado dos direitos televisivos do futebol para Portugal, mas parece provável que venha a transmitir os compromissos das seleções (mais jovens, femininas, futsal e futebol praia) e competições organizadas pela FPF cujos direitos não sejam vendidos externamente.
Relacionadas

Exclusivo: Federação Portuguesa de Futebol lança canal de televisão

A face mais visível do projecto será um canal televisivo, com nome próprio, destinado a promover o futebol e a combater o clima bélico-televisivo gerado pela discussão dos casos de arbitragem 
Recomendadas

Bilhetes para o futebol estão mais caros em Itália. E a culpa é de um português

A claque da Juventus já apresentou várias queixas, e através de um comunicado, explicaram que vão aos jogos mas com desagrado, já que ver a ‘Vecchia Signora’ fora de casa custa 100 euros.

Já viu o Jogo Económico? De Gedson a Jovane: como potenciar os jovens talentos do futebol português

Nesta edição, debatemos como os clubes podem rentabilizar os jovens talentos do futebol português. João Marcelino, Luís Miguel Henrique e o convidado Luís Cristóvão, analista de futebol, dão a sua opinião sobre este tema.

Hoje há Jogo Económico. De Gedson a Jovane: como gerir as jovens estrelas do futebol português

Hoje, a partir das 21h00, no site do Jornal Económico, vamos debater como os clubes podem rentabilizar os jovens talentos do futebol português. João Marcelino, Luís Miguel Henrique e o convidado Luís Cristóvão, analista de futebol, dão a sua opinião sobre este tema.
Comentários