O Jornal Económico não mudou. Transformou-se

O nosso aniversário coincide com a apresentação de um novo posicionamento, que visa melhorar a experiência dos leitores e reforçar a nossa oferta.

O Jornal Económico assinalou ontem, 16 de setembro, o seu quinto aniversário. Não existem jornais perfeitos e o Jornal Económico não é uma exceção, mas damos o nosso melhor para procurar servir os nossos leitores com jornalismo de qualidade, isento, independente e rigoroso.

Ao longo deste mês, vamos apresentar a nossa nova marca, uma plataforma digital construída de raiz e um reforço significativo da oferta de conteúdos audiovisuais, no âmbito de uma transformação profunda que visa melhorar a experiência dos leitores e reforçar a oferta editorial e comercial.

Queremos ser o jornal de todos aqueles que se interessam por temas que mexem com o nosso futuro, na política, na economia, na defesa da democracia e dos valores humanistas. Queremos ser o jornal que conhece a fundo e dá a conhecer as empresas e os sectores que fazem Portugal andar para a frente. Queremos ser o jornal que ajuda os cidadãos e as empresas a tomarem decisões esclarecidas.

A si, que nos acompanha nesta caminhada, o nosso muito obrigado.

Recomendadas

Um Orçamento resiliente

A proposta de isenção de IRC de 85% das receitas provenientes da venda e exploração no mercado dos direitos de propriedade intelectual é uma novidade no OE que importa destacar.

Um país poucochinho: 1+1=1 ou 1+1=3

Procuramos sempre a “marquise do Ronaldo” em qualquer um que tenha sucesso, achando que só merece estar no topo quem nunca errou, quem fez tudo certo e sem mácula, esquecendo que só erra quem faz.

Polónia ou Polexit?

Tudo indica que a Comissão Europeia não irá ceder às chantagens da Polónia e irá retaliar através de uma eventual ação por incumprimento por violações graves dos valores europeus, e usar a poderosa arma dos fundos europeus.
Comentários