OCDE: Portugal é o país com mais projetos inovadores para combater a Covid-19

Portugal destaca-se como um dos países com maior número de projetos diferenciadores para fazer face à pandemia. Os dados são da OCDE e revelam que das 150 respostas diferenciadoras em todo o mundo, 19 são portuguesas, o que corresponde a cerca de 11% do total. Do top 3 fazem ainda parte o Reino Unido e a Irlanda.

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) identificou, em todo o mundo, 150 projetos diferenciadores que pretendem fazer face à pandemia e Portugal é um dos países com o maior número de soluções. Os dados da OCDE destacam a Europa ena América onde a aposta inovadora tem sido maior. No extremo oposto está a Ásia e África.

A OCDE revela que das 150 respostas diferenciadoras em todo o mundo, 19 são portuguesas, o que corresponde a cerca de 11% do total como pode ver aqui.

Do top 3 fazem ainda parte o Reino Unido e a Irlanda. Com múltiplas plataformas online lançadas em plena pandemia de Covid-19, a OCDE destaca, por exemplo, o site do Governo “Estamos ON”, que recentemente passou a estar também disponível numa aplicação com o objetivo de promover a utilização de serviços online pela população para evitar o contacto durante esta pandemia.

Também os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde lançaram uma plataforma online dedicada inteiramente ao vírus SARS-CoV-2 e que também consta nesta lista da OCDE como um site que esclarece, por exemplo, formas de transmissão e compila os dados relativos à situação epidemiológica no país.

A OCDE destaca ainda parte projetos como o movimento português tech4Covid-19, que tem procurado encontrar soluções tecnológicas para ajudar o país na luta contra a Covid-19, e o programa da Fundação para a Ciência e a Tecnologia Research 4 Covid-19 que apoia projetos e iniciativas de investigação e desenvolvimento já em curso ou a desenvolver e que respondam às necessidades do SNS.

Segundo a tabela elaborada pela OCDE a seguir a Portugal surge o Reino Unido, com 12 soluções identificadas, seguido da Irlanda, com 11. Na Europa, destacam-se ainda a França e a República Checa, ambos com oito projetos. Já em Espanha e Itália parecem ser reduzidos os projetos inovadores que querem fazer face à Covid-19, tendo sido identificados apenas dois em cada.

Ler mais

Recomendadas

Taxa de desemprego fixou-se em 7,7% em setembro, estima INE

Em termos homólogos a taxa de desemprego aumentou 1,2 pontos percentuais. Mas, comparativamente com o mês de agosto e com o conjunto dos três meses anteriores a setembro, INE registou-se um abrandamento no desemprego. Os dados ainda são provisórios.

Portugueses entre os que mais pouparam na UE em tempo de pandemia

Segundo as estimativas do Eurostat, a taxa de poupança das famílias aumentou em quase todos os estados-membros, no segundo trimestre de 2020. Irlanda, Espanha e Portugal integram o pódio de países do bloco europeu onde se assistiu às maiores poupanças

‘Falcões’ vs ‘pombas’ no BCE. Lagarde vai dar sinal forte, mas tensões devem adiar estímulos

O banco central da zona euro está novamente dividido entre os que querem mais estimulos já e os que preferem aguardar. Christine Lagarde tem espaço de manobra e deverá aguardar até dezembro, quando tiver novas projeções e melhor visão sobre riscos politicos. A mensagem de hoje deverá ser, portanto, de promessa de agir face ao aumento de riscos.
Comentários