Oficial: SL Benfica vende João Felix ao Atlético de Madrid por 126 milhões de euros

O Atlético de Madrid bateu a cláusula de rescisão e pagou 126 milhões pelo passe do jovem de 19 anos. João Felix assinou contrato para as próximas sete épocas.

João Felix já é jogador do Atlético Madrid. O jovem avançado deixa o SL Benfica a troco de 126 milhões de euros (acima do valor da cláusula de rescisão) num contrato válido para os próximos sete anos, segundo o comunicado das ‘águias’ enviado esta terça-feira à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Aos 19 anos, João Felix tornou-se no jogador português mais caro de sempre, batendo Cristiano Ronaldo que, em 2009, trocou o Manchester United para o Real Madrid por 94 milhões de euros e, no ano passado, a troco de 117 milhões, abandonou a capital espanhola para a Juventus de Turim.

Além disso, esta é a transferência de valor mais elevado protagonizada por um clube português. Em 2012, o brasileiro Hulk foi vendido pelo FC Porto aos russos do Zenit por 60 milhões de euros.

No que diz respeito apenas às transferências de jogadores nacionais, o SL Benfica realizou também o maior negócio da história do futebol português. Os 120 milhões pagos pelo Atlético de Madrid superam assim os 40 milhões pagos pelo Inter de Milão pela compra do médio João Mário, ao Sporting CP, em 2016.

Na primeira época ao serviço do plantel principal dos encarnados João Felix realizou 43 jogos, tendo marcado 20 golos, ganhando a titularidade na equipa com a entrada do técnico Bruno Lage, que substituiu Rui Vitória, na penúltima jornada da primeira volta.

O jovem de 19 anos torna-se assim o quarto português a integrar o conjunto madrileno proveniente do Benfica, depois de Hugo Leal (1999), Dani (2000) e Simão Sabrosa (2007).

Ler mais
Relacionadas

De João Mário a Hulk. Mercado português rende mais de 350 milhões

A transferência de João Felix do SL Benfica para o Atlético Madrid estará iminente envolvendo valores recorde no futebol português. Veja quais foram as outras grandes vendas dos clubes portugueses.

Trinta milhões a pronto, 12 milhões de comissões: os números da astronómica transferência de Félix

O Atlético de Madrid vai pagar a pronto um valor de 30 milhões de euros e a Benfica SAD vai efetuar uma operação de desconto sem recurso dos restantes 96 milhões de euros, sendo que os custos desta operação estão orçados em seis milhões de euros
Recomendadas

Fisco investiga Federação de Futebol e Fernando Santos

Autoridade Tributária estará a debruçar-se sobre contratos em diversas áreas, o que inclui contratos com fornecedores, mas também de licenciamento e imagem de diversos jogos das principais equipas.

“Desiludido”. Manchester City vai recorrer para o TAS

“O Manchester City está desiludido, mas não surpreendido com a decisão da Câmara Adjudicatória do Órgão de Controlo Financeiro (CFCB) da UEFA. O clube soube, desde o início, da necessidade de procurar um órgão independente que julgasse imparcialmente as provas irrefutáveis a seu favor”, escreveram os ‘citizens’, em comunicado divulgado no site oficial.

Manchester City: clube mais gastador da década investiu mil milhões para montar atual plantel

Os ‘citizens’ precisaram de investir 1.014 milhões de euros em contratações de atletas para “montar” o plantel atual, de acordo com as contas feitas pelo Observatório do Futebol – CIES aos clubes das cinco maiores ligas europeias
Comentários