Sindicato e patrões chegam a acordo: Greve dos motoristas de combustíveis terminou

O Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosos (SNMMP) e a Associação Nacional de Transportadores Rodoviários de Mercadorias (ANTRAM) chegaram a acordo após mais de 72 horas de conflito laboral que parou Portugal.

Ao terceiro dia, e à beira do país entrar no caos, a greve dos motoristas de combustíveis acabou esta quinta-feira, 18 de abril, avançou o Governo ao Jornal Económico.

O Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosos (SNMMP) e a Associação Nacional de Transportadores Rodoviários de Mercadorias (ANTRAM) chegaram a acordo após mais de 72 horas de conflito laboral que parou Portugal.

O ministro das Infraestruturas e da Habitação Pedro Nuno Santos vai prestar declarações esta manhã desta quinta-feira. Pedro Nuno Santos foi nomeado pelo primeiro-ministro António Costa para mediar as negociações entre a ANTRAM e o SNMMP. Tanto a associação patronal como o sindicato também vão prestar declarações esta manhã.

Durante a madrugada o Governo anunciou o alargamento dos serviços mínimos a todo o país – com a realização de 40% das operações normais de abastecimento de combustíveis -, mas tudo indicava que a greve iria continuar.

Ao final do dia de quarta-feira, o Governo anunciou a criação a criação de uma rede nacional de 310 postos de combustível destinados a forças de segurança ou serviços de emergência.

Estes postos de combustível são postos que já existem, mas vão ser usados durante a crise energética para mitigar os efeitos da escassez de combustível e corrida às bombas.

A Rede Estratégica de Postos de Abastecimento (REPA) integra 310 postos que cobrem todo o território nacional, e vão ter prioridade de abastecimento através dos camiões cisterna, face aos outros 2.700 postos da totalidade da rede que existe em Portugal.

Os postos REPA podem abastecer o público em geral, mas somente um volume máximo de 15 litros de gasolina ou gasóleo por cada veículo.

 

Saiba aqui onde ficam os 310 postos para abastecer até 15 litros de combustível

Ler mais
Recomendadas

Hackers à pesca em Portugal. É o segundo país a nível mundial em ataques de ‘phishing’

Em 2020, foram identificadas cerca de 430 milhões de tentativas de phishing.

Venda de combustível nos postos de abastecimento cai mais em fevereiro

Daí que a procura e consumo de produtos petrolíferos devam aumentar, sobretudo a partir do segundo semestre deste ano, devendo apesar de tudo “começar a ser sentido de forma mais clara a partir dos meses de abril e maio deste ano”.

Faça a leitura do seu contador de eletricidade para diminuir valor da fatura

A DECO deixa ainda um alerta sobre os consumos prescritos, pois o consumidor neste caso não é obrigado a pagar esses valores. Entende-se que um consumo está prescrito quando os valores cobrados correspondem a períodos antecedentes a 6 meses em relação à data de emissão da sua fatura.
Comentários