Optimal assessora AdeA na compra da portuguesa Safebox

As duas empresas operam na área da gestão de arquivos e documentos.

A Optimal Investments anunciou esta terça-feira que fez a assessoria financeira à empresa de gestão documental Administradora de Archivos (AdeA) na compra da Safebox, que opera no mesmo setor.

“A aquisição permite à AdeA consolidar o seu crescimento e reforçar a sua atividade em Portugal. É também mais um marco de investimento na estratégia de reforço da sua posição de liderança no mercado ibérico”, referem a sociedade que assessorou financeiramente este negócio.

A AdeA, desde a sua fundação, em 1999, disponibiliza soluções de gestão de documentos para organizações em todas as indústrias, sendo que hoje conta com mais de 300 profissionais em Portugal, onde tem dois centros de arquivos (Porto e Lisboa), Espanha e Colômbia.

Já a Safebox, fundada em 2003 .e com sede em Lisboa, é uma empresa de gestão de arquivos, correspondências e documentos com mais de 130 clientes e 415 mil containers registados.

“A gestão eletrónica de documentos proporciona uma melhoria para evitar a perda de eficiência operacional, assim como uma maior eficácia e maior eficiência na localização e consultoria de documentação, bem como na prevenção da perda ou deterioração de documentos ao longo do tempo, oferecendo uma imagem inovadora da empresa que aposta numa manutenção dentro do mercado atual e futuro”, refere a AdeA, numa nota sobre digitalização publicada este mês.

Recomendadas

Fusões e aquisições em Portugal caíram mas valor movimentado aumentou 5% em 2020

Apesar de ter sido (novamente) o mais ativo, o sector do imobiliário apresentou uma redução de 16% no volume de negócios, com 88 transações de compra e venda. A operação em destaque no quarto trimestre foi a conclusão da aquisição de 81,1% do capital da Brisa pelo consórcio liderado pela APG Asset Management, por 2,4 mil milhões de euros.

PremiumDuarte de Athayde: “Apesar da crise, o nosso volume de negócios subiu 13%”

O ‘managing partner’ da Abreu Advogados refere que, apesar do travão que as restrições causaram, a sociedade teve uma subida de, pelo menos, 18% na cobrança de honorários.

PremiumOrdem recebe queixas de inscrições indevidas na Segurança Social

A sustentabilidade da Caixa de Previdência dos Advogados e Solicitadores está em debate na AR. Jovens defendem que firmas devem comparticipar.
Comentários