Orçamento Suplementar da Madeira prevê mais 296 milhões de euros de receita

A proposta de Orçamento Suplementar, em termos de receitas, sobe de 1,7 mil milhões de euros para os dois mil milhões de euros, quando comparado com o Orçamento Regional.

A proposta de Orçamento Suplementar da Madeira, entregue esta segunda-feira, prevê uma receita de dois mil milhões de euros, sendo que 1,9 mil milhões de euros são respeitantes a receitas correntes e de capital, o que representa mais 296 milhões de euros quando comparado com os 1,7 mil milhões de euros da proposta de Orçamento Regional de 2020.

O Orçamento Suplementar prevê uma quebra de 98 milhões de euros de impostos diretos, e uma descida de 89 milhões de euros nos impostos indiretos.

As receitas correntes caem 186 milhões de euros sobem 483 milhões de euros.

No combinado das receitas correntes e de capital existe uma subida de 296 milhões de euros.

Relacionadas

Orçamento Suplementar da Madeira contempla endividamento de 489 milhões de euros

O Orçamento Suplementar da região autóma inclui a autorização de endividamento líquido prevista no Orçamento Suplementar do Estado, correspondente a 10% do Produto Interno Bruto (PIB) regional de 2018, esclareceu o vice-presidente do executivo.
Recomendadas

Teresa Gonçalves Lobo marca presença em “Diálogos Cruzados” na Galeria Marca de Água

A exposição dedicada à interpretação e mediação dos universos no feminino pretende desconstruir narrativas historiográficas, valorizando os percursos e obras das mulheres artistas e estabelecendo “diálogos cruzados” com obras de referência internacional.

Restaurante Galáxia SkyFood apresenta nova carta

O restaurante abriu com uma carta simples e segura, mas durante a paragem provocada pela pandemia os chefs decidiram inovar e criar uma nova carta, que, no entanto, mantém alguns pratos da carta antiga.

Covid-19: Madeira mantém 23 casos ativos

“Durante o dia de hoje, foram identificadas mais três situações que se encontram em estudo pelas autoridades de saúde”, refere o boletim epidemiológico do IASAÚDE, acrescentando tratarem-se de “viajantes identificados no contexto das atividades de vigilância implementadas na Unidade de Rastreio da covid-19 do Aeroporto da Madeira”
Comentários