Ouro sobe e ultrapassa 1.600 dólares por onça

“Tecnicamente, o ouro enfrenta uma resistência muito grande nos 1.600 dólares, nível que não alcançava desde março de 2013”, de acordo com um comentário de mercado da financeira britânica IG,

O ouro subia esta terça-feira para 1.601,03 dólares por onça, um aumento de 19,90 dólares (1,26%), sendo procurado como valor de refúgio para os investidores. Às 17:45 (hora de Lisboa), a cotação da onça de ouro atingia 1.601,03 dólares.

“Tecnicamente, o ouro enfrenta uma resistência muito grande nos 1.600 dólares, nível que não alcançava desde março de 2013”, de acordo com um comentário de mercado da financeira britânica IG, citada pela agência Efe.

O ouro tem sido utilizado como ativo de refúgio numa altura de incerteza económica, estando atualmente essa incerteza associada à epidemia causada pelo novo coronavírus, que surgiu em finais de dezembro na China.

Recomendadas

Angola disponibiliza 800 milhões de euros para apoiar PME

O governo angolano pretende também “desanuviar a pressão” sobre a tesouraria das empresas alargando os prazos limite para liquidação de obrigações tributárias.

Produção industrial em Itália cai 2,4% em fevereiro

Em termos homólogos, a produção industrial subiu em bens de capital (1,4%) e baixou a de bens de consumo (3%), a de bens intermédios (2,3%) e a de energia (0,6%).

Leia aqui o Jornal Económico desta semana

A edição digital do Jornal Económico vai estar disponível gratuitamente durante as próximas semanas, devido à situação de emergência nacional causada pela epidemia de Covid-19. Desta forma, todos os leitores continuarão a ter acesso ao Jornal Económico.
Comentários