Pagar com Multibanco: Porque razão alguns estabelecimentos impõem mínimo de 5€?

Já se deve ter perguntado várias vezes porque é que muitos estabelecimentos comerciais não aceitam pagamentos com multibanco abaixo de um limite mínimo de 5 euros. É fácil de explicar.

Deslocou-se ao supermercado naquela fatídica sexta-feira à pressa para comprar uma garrafa de vinho para o jantar com os amigos, para o qual já estava largamente atrasado. Não teve tempo de levantar dinheiro, dirige-se à caixa, apresenta o seu cartão e eis que lhe dizem a famosa frase “Não aceitamos pagamentos com Multibanco abaixo de cinco euros”. Mas porquê? É o que vai descobrir neste artigo elaborado pelo ComparaJá.pt.

 

Pagamentos com multibanco: os argumentos são simples…

Já se deve ter perguntado várias vezes porque é que a maior parte dos estabelecimentos comerciais não aceita pagamentos com multibanco abaixo de um limite mínimo de cinco euros. É fácil de explicar.

Para além dos custos que todos os comerciantes têm com os Terminais de Pagamento Automáticos (as máquinas através das quais utiliza o seu cartão de crédito ou de débito para pagar nos diversos estabelecimentos), a verdade é que o custo percentual de utilização do cartão abaixo de um certo montante é muito elevado para o comerciante.

Por cada transação que é efetuada, existe sempre uma taxa fixa e um limite mínimo, em euros, que é aplicado sobre o valor da compra e que o comerciante paga ao banco. Por exemplo, se esses custos forem fixados em 0,90% e um mínimo de 0,06 euros, como é habitual, e se um consumidor comprar algo por 3,33 euros, o custo dessa transação, como tem um mínimo de 0,06 euros, já ultrapassa os 0,90%, chegando a 1,8%. E quem perde com isto é o comerciante.

Na realidade, os 0,90% sobre a transação só se aplicam se a compra for superior a 6,66 euros, caso contrário, se a compra for abaixo deste valor, o custo para o comerciante vai ser proporcionalmente superior. Isto acontece precisamente por causa do limite mínimo.

 

Quais são os encargos de um TPA para o comerciante?

Um comerciante que aceite este modo de pagamento no seu estabelecimento incorre em dois tipos de gastos: por um lado, pela requisição e manutenção do equipamento do TPA e, por outro lado, pela realização das transações por parte dos clientes.

De cada vez que um consumidor paga as suas compras/serviços com o cartão, o comerciante possui um custo associado a essa transação: é a chamada Taxa de Serviço do Comerciante (TSC), que varia conforme o cliente decida pagar a crédito ou a débito e consoante a marca de cada função, traduzindo-se numa percentagem aplicada sobre o valor da venda.

 

Mas nem tudo são desvantagens…

Tomando como exemplo o caso do senhor Armindo, dono de um restaurante situado num bairro problemático onde até costuma haver muitos assaltos, este proprietário dispõe de um TPA que permite receber os pagamentos dos clientes em segurança sem preocupações com trocos na caixa.

Além disso, se houver um freguês que deseje pagar o jantar a crédito, o senhor Armindo também não corre o risco de ter créditos de cobrança duvidosa e ser enganado com fraudes. Ademais, poupa tempo nas infindáveis deslocações ao banco para efetuar depósitos, dado que o dinheiro entra diretamente na sua conta.

Os estabelecimentos com TPA também costumam ser mais atrativos para os clientes nos dias de hoje, uma vez que acabam por ter maior flexibilidade. É benéfico para o cliente e igualmente para o proprietário – o único senão é não ser isento de custos.

Ler mais
Relacionadas

Passo a passo: Como depositar dinheiro no multibanco?

Imagine, por exemplo, que chegou ao fim de semana e apercebe-se de que se esqueceu ou não teve tempo para ir ao balcão do banco fazer um depósito em dinheiro. Porém, existe uma solução. Descubra, neste artigo, como depositar dinheiro no Multibanco.

Pagamentos com cartão contactless: quão seguros são?

O Banco de Portugal acaba de revelar que os consumidores vão poder continuar a utilizar a tecnologia contactless para efetuar pagamentos presenciais até 50 euros sem introduzir o PIN. Mas será algo seguro? Descubra mais sobre o tema neste artigo.

Há 7 pontos a analisar ao escolher um cartão de crédito. Saiba quais são

Para quem nunca teve um cartão de crédito, escolher o primeiro pode tornar-se difícil, uma vez que existem quase 100 cartões de crédito disponíveis em Portugal e os benefícios associados a cada um são inúmeros. Descubra tudo neste artigo.

Ficou com o cartão multibanco retido no ATM? Saiba o que fazer

São muitos os portugueses que já viram o seu cartão multibanco retido no ATM e instintivamente ligaram para o seu banco para cancelá-lo. No entanto, nem sempre existe necessidade de anular o cartão, havendo algumas situações que deve conhecer para saber como proceder. Descubra quais são.

Cartão clonado: como detetar e resolver o problema?

Quanto mais se utilizam os cartões em detrimento do dinheiro físico, mais suscetível se está relativamente a burlas, pese embora a comodidade deste meio de pagamento. Saiba que cuidados adoptar para evitar ficar com o cartão clonado.

Um cartão de débito tem cinco grandes funções. Sabe quais são?

O cartão de débito é o chamado “cartão multibanco” que costuma usar no seu dia-a-dia e que serve para movimentar a conta à ordem que tem no banco, mas será que conhece mesmo todas as funcionalidades deste tipo de produto? Fique a par de todas as vantagens que ter um cartão de débito lhe pode trazer.
Recomendadas

Oferta de quartos para arrendar dispararam 228%. Lisboa e Porto com maior procura

A capital regista uma subida da procura de 61%, enquanto a cidade do Porto é a mais procurada por 16% da população que pretende arrendar quarto.

Taxa de juro no crédito à habitação cresceu 0,9% em agosto

Este aumento é superior em 1,7 pontos base (p.b.) ao registado no mês anterior. Já a prestação média manteve-se em 226 euros, enquanto o capital médio em dívida teve um crescimento de 114 euros, fixando-se agora nos 54.317 euros.

Como usar a aplicação “Calendário” do Windows 10 para organizar a sua vida

O Windows 10 tem uma aplicação de calendário completa e versátil. Veja como a configurar e utilizar.
Comentários