Tecnologia importa nos RH mas contacto pessoal prevalece para 93% dos profissionais

Os profissionais de recrutamento, apesar de recorrerem à IA, não descartam a importância do contacto pessoal entre o candidato. Mais de metade das equipas admite que um ‘tête-à-tête’ é essencial numa entrevista de emprego, de acordo com a consultora Robert Walters.

Os departamentos de Recursos Humanos e a função de seleção de candidatos a empregos são cada vez mais apoiados por soluções tecnológicas, como chatbots e software de filtragem automática de currículos. No entanto, 93% dos profissionais consideram que o contacto pessoal continua a ser essencial numa entrevista de trabalho e que a decisão final sobre a contratação do candidato depende mais da intuição do que de evidências estatísticas.

A pesquisa “HRTECH: Tecnologia e inovação em recursos humanos”, da consultora Robert Walters, recolheu dados de mais de 400 empresas e 3.400 profissionais em Espanha e Portugal e analisou as mais recentes soluções tecnológicas aplicadas ao mundo do recrutamento e seleção, bem como a perceção e receção destes novos métodos e ferramentas por parte dos profissionais e responsáveis de contratação. Eis as principais conclusões.

Recomendadas

Deco: Cafés e restaurantes podem proibir clientes de ler ou estudar

Apesar da lei permitir a proibição de leitura ou o estudo no espaço do estabelecimento, há situações que são questionáveis e, sem dúvida alguma, há uma invasão dos direitos do consumidor. Portanto, se alguma vez sentir que estão a privar a sua liberdade individual reclame!

Vive em união de facto? Saiba quais são os seus direitos

Ouviu dizer que, hoje em dia, as uniões de facto produzem os mesmos direitos que os casamentos? Não é inteiramente verdade. Fique a par dos direitos dos unidos de facto.

Siga estas dicas para aumentar a vida da bateria dos seus equipamentos

Um uso intensivo, num ambiente quente, também não é recomendável, pois a bateria pode sobreaquecer e provocar uma descarga mais rápida ou até mesmo danificar o equipamento.
Comentários