Passageiros nos voos da TAP entre Portugal e o Reino Unido mais que duplicam

Em comunicado a TAP aponta que “a entrada de Portugal na “green list” de destinos de Inglaterra teve um impacto positivo na procura de voos entre o Reino Unido e Portugal.

A empresa aérea portuguesa TAP revelou, esta segunda-feira, que os voos entre Portugal e o Reino Unido mais que duplicaram.

Em comunicado a TAP aponta que “a entrada de Portugal na “green list” de destinos de Inglaterra teve um impacto positivo na procura de voos entre o Reino Unido e Portugal. De 7 a 11 de maio, o volume de reservas para voos da TAP entre os dois países mais do que duplicou, em vendas no site da Companhia, face ao mesmo período da semana anterior (30 de abril a 04 de maio) imediatamente anterior à inclusão de Portugal na ‘green list’. O crescimento no número de reservas foi de 131%”.

“Para dar resposta ao aumento de procura, também potenciado por uma campanha promocional do destino Portugal a que a TAP deu início no mercado inglês, com o claim “Unlock Portugal”, a Companhia aérea nacional vai aumentar consideravelmente a sua oferta de voos entre os dois países no próximo mês”, referiu a empresa aérea portuguesa.

Segundo a TAP, em junho, vão aumentar os habituais 10 voos por semana, entre Lisboa e Londres/Heathrow, para 19 voos semanais. A empresa aérea vai retomar a rota entre a capital portuguesa e o aeroporto londrino de Gatwick, com voos cinco vezes por semana.

A TAP prevê ainda que entre o Porto e Londres Gatwick, a TAP aumenta de quatro para sete o número de voos semanais também já a partir de junho.

 

Relacionadas

TAP reforça ligação a Luanda com mais um voo a partir de quarta-feira

A TAP passará a partir de Luanda com destino a Lisboa às quartas e sextas-feiras, regressando de Lisboa para Luanda às quintas-feiras e domingos.

Reino Unido inicia nova etapa de desconfinamento com viagens para Portugal

O Reino Unido inicia esta segunda-feira uma nova etapa do plano de desconfinamento, incluindo autorização para viajar de férias para o estrangeiro, mas apenas alguns países, entre os quais Portugal, permitem a entrada a britânicos. 
Recomendadas

Presidente da Associação Portuguesa de Logística: “É fundamental investir em infraestruturas”

Raul Magalhães considera que o desenvolvimento dos portos marítimos nacionais foi o ponto forte do sector nos últimos anos, a par da evolução dos operadores e integradores logísticos.

PremiumCapgemini reforça ‘know how’ na área de engenharia

Apesar da procura acrescida em 2020, a Capgemini reporta um ano “sem disrupções”. Agora, o grupo procura com a Capgemini Engineering reforçar a sua capacidade técnica em sectores chave.

Terceiro passageiro na viagem ao espaço com Jeff Bezos pagou 23 milhões de euros

Este foi o único lugar colocado à venda e o dinheiro angariado reverterá a favor da fundação Club for the Future, uma associada da Blue Origin que promove o ensino da matemática e da ciência.
Comentários