Paulo Azevedo: Desafio da nova administração é dar “verdadeira escala internacional” à Sonae

Paulo Azevedo falava durante a conferência de imprensa de apresentação dos resultados de 2018 da Sonae SGPS, a última enquanto copresidente executivo do grupo – Ângelo Paupério é o outro copresidente executivo – já que a presidência da empresa vai passar a ser assumida por Cláudia Azevedo, filha mais nova de Belmiro de Azevedo.

Foto cedida

O copresidente executivo da Sonae Paulo Azevedo apontou hoje como desafio da futura nova administração do grupo, liderada pela sua irmã, Cláudia Azevedo, dar à empresa “uma verdadeira escala internacional”.

“O meu compromisso convosco é de, nas minhas novas funções [administrador não executivo], lutar para que continuem a ter condições para tomar decisões de longo prazo de criação de valor económico e social e que tenham a autonomia, o cuidado e a atenção para poderem tomar decisões importantes e rápidas e que consigam levar a Sonae para novos patamares e que consigam, especialmente, atingir uma verdadeira escala internacional para a Sonae”, afirmou Paulo Azevedo.

Paulo Azevedo falava durante a conferência de imprensa de apresentação dos resultados de 2018 da Sonae SGPS, a última enquanto copresidente executivo do grupo – Ângelo Paupério é o outro copresidente executivo – já que a presidência da empresa vai passar a ser assumida por Cláudia Azevedo, filha mais nova de Belmiro de Azevedo.

Relacionadas

Grupo Sonae investiu 1,2 mil milhões de euros em 2018

O grupo não está preocupado com a entrada da Mercadona no território nacional – “já enfrentámos franceses e alemães”. E, por outro lado, ainda não desistiu de todo do IPO que, em 2018, não conseguiu levar por diante com a Sonae MC.

Sonae Sierra atinge resultado líquido de 110 milhões em 2018

Para o exercício em curso, o grupo afirma que os seus objetivos são a reciclagem seletiva de capital e o foco no fortalecimento da sua presença internacional.

Lucros da Sonae disparam 33,7% em 2018

O grupo evidencia uma forte melhoria da rentabilidade, num ano em que todos os negócios cresceram, quer organicamente, quer por via de aquisições.
Recomendadas

Auchan, Ceetrus e Oney investem 60 mil euros em seis startups

O programa “Innovation Station” selecionou como a Heptasense, a 2CX, a Visor.ai, a Find & Order, a YOUSHIP e a Fractal Mind para desenvolverem pilotos para a ‘holding’ de distribuição.

1º de maio: trabalhadores dos hiper e supermercados marcam greve para o Dia do Trabalhador

Os trabalhadores da grande distribuição, onde estão incluídos os do Pingo Doce, Continente, Jumbo e Minipreço, emitiram um pré-aviso de greve para o 1.º de Maio, Dia do Trabalhador, tal como aconteceu em anos anteriores.

Trabalhadores do Pingo Doce anunciam greve no 1º de Maio

Os trabalhadores do Pingo Doce, do grupo Jerónimo Martins, anunciaram que estarão em greve no dia 1º de Maio, Dia do Trabalhador, para reivindicar a revisão do Contrato Colectivo de Trabalho.
Comentários