Paulo Cafôfo: “Acredito que denúncias a autarquias do PS têm uma motivação política”

O socialista realça que este processo tem por base “difamações sem fundamento” e que por estar ainda em segredo de justiça não pode ser defendido publicamente. Mais, deixa ainda claro que não está “indiciado de nada”.

O líder regional do Partido Socialista, Paulo Cafôfo, referiu-se esta terça-feira a um processo de onde constam denúncias online que levaram a justiça a atuar junto de quatro câmaras presididas pelos socialistas na Madeira. O presidente dos socialistas madeirenses acredita que as denúncias “têm uma motivação política”.

Paulo Cafôfo crê que este é “um processo para atingir o PS-madeira no seu todo, em especial a sua liderança e os seus autarcas, mas também sabemos que estes métodos do anonimato atingem o exercício da democracia na Madeira”.

O socialista realça que este processo tem por base “difamações sem fundamento” e que por estar ainda em segredo de justiça não pode ser defendido publicamente. Mais, deixa ainda claro que não está “indiciado de nada”.

“Não podemos deixar que as suspeitas minem a política, a credibilidade e o caráter de pessoas eleitas para representar a democracia”, salienta, vincando que estas denúncias fazem parte de uma estratégia “cobarde, inqualificável, populista e demagógica desde que entrei na política em 2013 pondo em causa os poderes dominantes na Madeira”.

Por fim, reforça que o PS-Madeira “vai até às últimas consequências para denunciar na justiça quem se esconde no anonimato para fazer política e quem instrumentaliza justiça para com isso tirar ganhos políticos”.

Recomendadas

Saiba como pode fazer o seu dinheiro crescer com a poupança

São muitos os produtos financeiros disponíveis no mercado. Os bancos, por exemplo, comercializam muitos produtos de poupança, nomeadamente depósitos a prazo, contas de poupança, depósitos indexados e duais, com diferentes rendibilidades e riscos.

Madeira: Alargada até 31 de março de 2021 a admissibilidade de documentos expirados

Os documentos continuarão a ser aceites nos mesmos termos, após 31 de março de 2021, desde que o seu titular faça prova de que já procedeu ao agendamento da respetiva renovação.

Líder do PSD/Madeira determina adiamento do Congresso Regional

Albuquerque salienta no comunicado que a estrutura partidária “tem dado o exemplo no que toca à salvaguarda e defesa da saúde pública”, pelo que em 21 de novembro irá realizar-se apenas um Conselho Regional para “garantir a tomada de posse dos novos órgãos eleitos”.
Comentários