PremiumPaulo Merino, mais um gestor português no topo da finança mundial

O gestor português do Canada Pension Plan que foi considerado o melhor investidor europeu abaixo de 40 anos pela Financial News, nasceu em Penafiel, nos anos 80, antes da queda do Muro de Berlim. O seu percurso foi meteórico e prova que o mérito vence as adversidades, sobretudo quando é transfronteiriço.

O gestor português do Canada Pension Plan que foi considerado o melhor investidor europeu abaixo de 40 anos pela Financial News, nasceu em Penafiel, nos anos 80, antes da queda do Muro de Berlim. O seu percurso foi meteórico e prova que o mérito vence as adversidades, sobretudo quando é transfronteiriço.

Nada fazia antever que Paulo Merino chegaria à alta finança a nível internacional. Nasceu numa cidade a 30 kms do Porto, estudou no ensino público e obteve uma bolsa de estudo para frequentar o curso de Economia na Nova SBE. Concluiu depois o mestrado em Finanças, na mesma universidade.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

PremiumIrene Vallejo: “Não politizem as línguas”

“O Infinito num Junco” tomou a Península Ibérica de assalto e está a ser traduzido em 30 países. Irene Vallejo, nascida em Saragoça, tem um amor profundo pela literatura e pelas línguas, “que pertencem à esfera da emoção” e não à política. Defensora da tolerância e do sonho europeu, faz sua uma máxima do imperador romano Marco Aurélio: “A amabilidade é invencível”.

PremiumRBI: um caminho de liberdade

O projeto documental, composto por 12 episódios e produzido pelo eurodeputado Francisco Guerreiro ” tem como objetivo elucidar a opinião pública europeia sobre o conceito de Rendimento Básico Incondicional” e, ao mesmo tempo, sensibilizar a classe política nacional para a implementação de um projeto-piloto em Portugal.

PremiumAbel bicampeão. Isto sim, não se voltará a ver nos próximos 50 anos

Daqui a 50 anos, vão lembrar-se que foi um português que conquistou a Libertadores”. Na véspera do último dia de 2019, Jorge Jesus era exultado pelo país futebolístico, levado “em ombros” por uma onda mediática de enormes proporções (horas e horas de diretos e peças jornalísticas).
Comentários