Pedro Nuno Santos: “A easyJet é uma companhia aérea que tem uma excelente relação com o Estado português”

Na inauguração da nova base da transportadora em Faro, o ministro disse que a empresa “respeita a legislação laboral”, numa clara alusão às relações conturbadas que tem mantido com outra companhia aérea ‘low cost’ com forte presença em Portugal, a Ryanair.

Cristina Bernardo

Na inauguração da nova base da easyJet no aeroporto de Faro, o Governo elogiou a companhia aérea, quer em termos de relação com o Estado quer no investimento que a empresa tem feito em Portugal.

“É importante termos uma companhia aérea a apostar no nosso país, em plena pandemia”, sublinhou o ministro das Infraestruturas, na mesma cerimónia. Pedro Nuno Santos realçou ainda que “a easyJet é uma companhia aérea que tem uma excelente relação com o Estado português” e que “respeita a legislação laboral”, numa clara alusão às relações conturbadas que tem mantido com outra companhia aérea low cost com forte presença em Portugal, a Ryanair.

Por seu turno, o ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, agradeceu “a aposta da easyJet em Portugal”. “É uma aposta num momento crítico, nesta região, na capacidade que terá de atrair visitantes”, defendeu o ministro da Economia. A nova base da easyJet no aeroporto de Faro irá ligar a capital algarvia a Amesterdão, Basileia, Belfast, Berlim (Brandemburgo), Bordéus, Bristol, Genebra, Glasgow, Liverpool, Londres (Gatwick e Luton), Lyon, Manchester, Milão (Malpenza) e Paris (Charles de Gaulle e Orly).

A easyJet vai lançar na próxima semana cinco novas rotas de e para Faro: Luxemburgo, Munique, Lille, Toulouse e Zurique.

A cerimónia contou também com a presença do CEO da companhia aérea, Johan Lundgren, e Nicolas Notebaert, CEO da Vinci Airports.

easyJet inaugura nova base no aeroporto de Faro

Relacionadas

easyJet inaugura nova base no aeroporto de Faro

“Juntos, estamos a colocar a recuperação do turismo de Portugal sob a bandeira do progresso ambiental e da sustentabilidade”, assegurou Nicolas Notebaert, CEO da Vinci Airports.
Recomendadas

Europa vai ter falta de quase 800 pilotos no próximo ano

A consultora Oliver Wyman concluiu que a Europa é a terceira região do mundo menos afetada pela falta de pilotos de aviação civil, adiantando que a situação é residual em África e na América do Sul.

Lucro da Alibaba cai para 5.874 milhões no primeiro trimestre fiscal

Estes investimentos reduziram os lucros de exploração do grupo em 11% em termos homólogos, tendo afetado também a margem de exploração, que caiu de 23% para 15%.

Governo duplica apoio do programa Apoiar para bares e discotecas

O programa Apoiar foi prolongado na mais recente portaria até 31 de dezembro de 2021. Em caso de quebra na faturação for de 25 a 50% o limite máximo é majorado em 27.500 euros para microempresas e em 67.500 para pequenas e médias empresas.
Comentários