Planeie as suas “escapadas” na Feira das Viagens

Esta semana, as férias planeiam-se na Feira das Viagens de Lisboa e Braga.

Entre 13 e 15 de abril, a Feira das Viagens decorre pela primeira vez na Sociedade Nacional de Belas Artes, em Lisboa, e no Museu de Arqueologia D. Diogo de Sousa, em Braga.

Os dois espaços irão conjugar cultura e turismo, dando aos visitantes a oportunidade de visitar exposições, em edifícios emblemáticos, e, ao mesmo tempo, percorrer expositores de agentes de viagem e destinos turísticos que lhes oferecem programas para qualquer parte do mundo, a preços competitivos.

A Câmara Municipal de Braga assinalará a estreia do evento no município com o 1º Fórum Visit Braga, que se realiza no dia 13 de abril no auditório do Museu D. Diogo de Sousa.

A Feira das Viagens conta com o patrocínio da Halcon, do Turismo Centro de Portugal e da Autoridade de Turismo da Tailândia e com o apoio institucional da Associação Comercial do Porto, da Câmara Municipal de Coimbra, da Sociedade Nacional de Belas Artes, da Câmara Municipal de Braga e da Associação Comercial de Braga.

 

 

Ler mais
Recomendadas

Ligações fluviais entre Barreiro e Lisboa não estão asseguradas na manhã e início da tarde deste sábado

Entre as 7h25 e as 14h55, no sentido entre o Barreiro e Lisboa, e entre as 7h55 e às 15h25, no sentido contrário, as ligações não estão asseguradas, estando os horários “sujeitos a confirmação”, diz Soflusa em comunicado.

Revisão do Código do Trabalho aprovada apenas com votos favoráveis do PS

As bancadas do BE, PCP e PEV votaram contra o diploma, justificando a sua posição com o facto de não se reverem no texto final que foi hoje a votos e que consideram ter normas que são uma cedência do PS aos partidos à direita e às confederações patronais.

Aprovada recomendação ao Governo para eliminar portagens na A19 na Batalha

O projeto do partido Os Verdes (PEV) que recomenda ao Governo a eliminação das portagens da autoestrada 19 (A19), no troço da variante da Batalha, para diminuir o tráfego junto ao mosteiro, foi hoje aprovado no Parlamento.
Comentários