Playstation 5 prepara-se para o Natal de 2020. Conheça a nova consola da Sony

O lançamento da Playstation 5 (PS5) vai coincidir com a época do Natal do próximo ano. O que traz de novo esta aposta da Sony.

A japonesa Sony vai lançar a quinta versão da famosa consola Playstation no final de 2020, segundo anunciou o chairman e presidente executivo da tecnológica, Jim Ryan, num blogue da empresa, esta terça-feira, 8 de outubro. O lançamento da Playstation 5 (PS5) vai coincidir com a época do Natal. A par da nova consola, a Sony vai colocar no mercado um novo comando para “transportar a sensação de imersão para um patamar superior”.

A grande novidade sobre a consola da Sony reside numa nova tecnologia e algoritmo que sintetiza imagens em 3D para garantir virtualmente iluminações melhores e efeitos sonos mais elaborados. Além disso, a consola terá um disco rígido SSD, o que permitirá downloads mais rápidos e uma gestão dos jogos mais ágil.

Sobre o comando, o novo controlo remoto foi redesenhado, repensando a função tradicional de vibração para adotar uma nova tecnologia tátil. Assim, o jogador vai sentir diferenças entre uma colisão de um carro e a mudança do terreno do jogo num jogo de futebol, por exemplo.Os botões na parte de trás do comando também foram reconfigurados.

Os valores da nova consola ainda não foram divulgados.

Recomendadas

PremiumInvestimento na digitalização sobe, mas menos que expectável

Estudo mostra que empresas de Tecnologia, Turismo, Hotelaria e Restauração estão perto do patamar digital avançado. Bancos são os que se focam mais na experiência digital dos clientes.

PremiumTecnologia. Como as criptomoedas estão a chegar ao futebol

As transações em moedas digitais já são uma realidade no mundo desportivo. Os portugueses Nuno Correia, César Carvalho e Hélder Silva lideram projetos inovadores e acreditam que as criptomoedas serão o “dinheiro de amanhã” no futebol.

Em menos de uma década 85% das interações com os clientes serão automatizadas

De acordo com o gestor da Oracle Portugal, Bruno Morais, que apresentou um estudo da empresa na IDC Directons, esta semana, “a automatização das tarefas diárias, que deverá atingir 70% nas TI até 2025, irá duplicar a produtividade nesse período”.
Comentários