PLMJ assessorou Wizink numa operação de 510 milhões de euros

“A operação de emissão de obrigações de titularização denominada “Victoria Finance no. 1”, colateralizada pelas receitas da titularização do portfolio de cartões de crédito, inédita em Portugal, foi aprovada pelo regulador do mercado de capitais, a Comissão de Mercado de Valores Mobiliários e foi fundamental para a consolidação da estratégia da WiZink para o mercado português”, disse a PLMJ, em comunicado.

O escritório de advogados português, PLMJ, foi o assessor jurídico da Wizink Bank e da StormHarbour na operação de titularização de dívida de cartões de crédito. Foi a primeira operação deste género realizada em Portugal e ascendeu aos 510 milhões de euros.

Da equipa da PLMJ, participaram Gonçalo Reis Martins, sócio de bancário e financeiro e mercado de capitais, Alexandre Norinho de Oliveira, associado sénior, Kathleen Hoffman Barley, associada, e Pedro Roque Coelho, advogado estagiário.

Em comunicado, a PLMJ refere que “a operação de emissão de obrigações de titularização denominada “Victoria Finance no. 1”, colateralizada pelas receitas da titularização do portfolio de cartões de crédito, inédita em Portugal, foi aprovada pelo regulador do mercado de capitais, a Comissão de Mercado de Valores Mobiliários e foi fundamental para a consolidação da estratégia da WiZink para o mercado português”.

As obrigações de titularização obtiveram rating pelas agências Fitch e DBRS e foram admitidas à negociação na Euronext Lisbon.

Recomendadas

A modernização “inevitável” de um setor tradicional como o da advocacia

Mesmo antes da aceleração que a pandemia promoveu, as sociedades de advogados de maior renome viviam já um processo de transição digital que facilitou a adaptação à advocacia remota.

O que dizem os advogados sobre a inovação na hora de servir o cliente

Líderes e responsáveis de inovação dos principais escritórios de advocacia em Portugal falam em compatibilidade entre deontologia e tecnologia, mas alertam para a necessidade de uma “sensabilidade acrescida” ou até de criação de comités para garantir o cumprimento dos deveres da profissão.

Premium‘Big Four’ afastadas da auditoria aos créditos a Luís Filipe Vieira

PwC estava a avaliar restruturação de créditos à Promovalor, mas como a firma audita contas do Benfica SAD, o Novo Banco terá de selecionar nova auditora.
Comentários