Políticos ganharam mais de 1,2 milhões de euros em 2018 como comentadores

Dois dos comentadores mais bem pagos na televisão são Marques Mendes e Paulo Portas. Na SIC, o antigo presidente do PSD ganha cerca de 7.500 euros brutos por mês, 85 euros por cada minuto. Na TVI, o antigo presidente do CDS ganha 7.200 euros por mês, 118 euros por cada minuto, avança a revista Sábado.

António Cotrim/Lusa

Mais de 70 políticos e ex-políticos receberam acima de 1,2 milhões de euros no ano de 2018, como comentadores nas televisões, rádios e jornais, segundo contas feitas pela revista Sábado.

Dois dos comentadores mais bem pagos são Marques Mendes e Paulo Portas. Na SIC, o antigo presidente do PSD ganha cerca de 7.500 euros brutos por mês, 85 euros por cada minuto falado, com 22 minutos todos os domingos. Na TVI, o antigo presidente do CDS ganha 7.200 euros por mês, 118 euros por cada minuto, 15,30 minutos em média todos os domingos.

Só a Quadratura do Círculo na SIC Notícias, que foi cancelada em janeiro, custava por ano 400 mil euros, com cada um dos participantes a custar mais de 7.500 euros por mês: José Pacheco Pereira, Jorge Coelho e               António Lobo Xavier. Na TVI, para onde transitou este programa, o valor não é muito inferior, avança a Sábado.

A lista de políticos comentadores continua: Francisco Louçã, ex-coordenador do Bloco de Esquerda, ganha 2.500 euros por mês como comentador da SIC. Paulo Rangel, eurodeputado do PSD, ganha entre mil a 5 mil euros por mês com a Renascença e a TVI.

António Leitão Amaro, deputado do PSD; recebe 1.500 euros por mês pelos comentários na SIC Notícias, e Marco António Costa (PSD) recebe 1.500 euros por mês para comentar também na SIC Notícias.

O autarca de Lisboa Fernando Medina declarou 40.680 euros em 2017 só de rendimentos nos comentários na comunicação social, que têm lugar na TVI e uma coluna (já extinta) no Correio da Manhã. Por sua vez, Ana Catarina Mendes, número dois da direção do PS, chegou a receber 400 euros por programa na TVI.

Outros políticos não revelaram quanto recebem pelos seus comentários, como Assunção Cristas (CDS), João Ferreira (PCP) Adolfo Mesquita Nunes (CDS) e Manuela Ferreira Leite (PCP).

Já Mariana Mortágua entrega ao Bloco de Esquerda os 1.500 euros mensais que ganha na SIC Notícias, depois de liquidar o IVA. Marisa Matias, também do Bloco, declarou que não é remunerada pela sua participação nos programas da TVI.

O Presidente da República que foi comentador televisivo durante muitos anos, chegou a receber 10 mil euros por mês na TVI, segundo o Correio da Manhã.

Ler mais
Recomendadas

“Não queremos um acordo parcial”. Trump perspetiva acordo comercial com a China para 2020

Trump disse que o seu relacionamento com o Presidente chinês, Xi Jinping, é muito bom, mas reconheceu que não tem sido fácil conseguir uma solução para a “guerra comercial” que separa os dois países há um ano e meio.

Correios britânicos estão a investigar “com urgência” devoluções de votos postais portugueses

Um porta-voz do Royal Mail confirmou a existência de “alguns casos” em que os envelopes que contêm o voto postal para os cidadãos portugueses que vivem no Reino Unido não estão a ser reconhecidos pelos sistemas de processamento da empresa.

António Costa homologou parecer da PGR sobre contratos do Estado com empresas de familiares de governantes

Parecer tinha sido pedido a 30 de julho na sequência da polémica com empresa do filho do ex-secretário de Estado da Proteção Civil. O caso foi suscitado depois da notícia do Observador sobre os três contratos do filho de José Artur Neves celebrados com o Estado quando o pai estava em funções políticas.
Comentários