Portal da Queixa recebeu mais de 2.700 denúncias de burla este ano

Segundo o Portal da Queixa, houve um crescimento de 24% face ao período homólogo, relativamente a reclamações sobre burlas.

A rede social de consumidores Portal da Queixa revelou, esta segunda-feira, que existiram mais de 2700 queixas de burla em 2021.

Em comunicado, a plataforma rrefere que “as burlas online já geraram mais de 2.700 reclamações ao longo de 2021, uma média de 20 queixas por dia. Os prejuízos dos lesados ascendem os 500 mil euros”.

“Entre o dia 1 de janeiro e o dia 19 de maio de 2021, chegaram ao portal da queixa 2.745 reclamações relacionadas com burlas online, um crescimento de 24% face ao período homólogo, onde se verificaram 2.182 queixas”, sublinhou o site onde os consumidores podem apresentar queixas, recordando que “em 2020, o número de reclamações relacionadas com burlas online disparou 69% face ao ano anterior”.

“No primeiro trimestre do ano, o total de reclamações reportadas pelos consumidores ultrapassou sempre as 600 queixas mensais. Só em maio, até ao dia 19, a maior rede social de consumidores de Portugal já recebeu 300 reclamações relacionadas com burlas online”, destacou o portal da queixa.

As burlas podem decorrer de várias formas. Na missiva enviada pelo portal da queixa constam relatos sobre diferentes tipos de esquema. Vânia Correia conta que foi “vítima de burla no valor de 280 euros. O que se passou foi o seguinte, entrei numa coisa de apostas desportivas e investi um certo valor, 80 euros iniciais e 200 euros finais, de seguida iria receber o meu valor ganho (700 euros) através do NIB bancário, mas até agora não recebi nada, porque lá está foi uma burla”.

Por sua vez, Diogo Branco relata que “após ter sido alvo de burla no Marketplace do Facebook, fiz denúncia ao Facebook, e para meu espanto a conta do assaltante continua ativa e a tentar burlar outras pessoas. Pensava que o Facebook era uma empresa séria e que protegia os assinantes. Se nada for feito deixarei de usar a empresa e eliminarei a conta dessa mesma empresa que se afirma ser honesta e protetora”

 

Relacionadas

Portal da Queixa. Censos motivaram mais de 200 reclamações em 15 dias

O prazo inicial para responder aos Censos 2021 pela internet terminou na segunda-feira, mas o INE decidiu alargar o prazo de resposta via internet até ao dia 31 de maio.

Portal da Queixa diz que número de reclamações das compras online aumentou 144%

Desde o início do ano e até ao dia 20 de abril foram registadas 2.335 queixas relacionadas com o comércio eletrónico.
Recomendadas

Restauração: Preços afixados com clareza é meio caminho para o bom entendimento entre consumidor e estabelecimento de restauração

A lista do dia e os preços praticados, com taxas e impostos incluídos, devem estar, clara e obrigatoriamente, afixados à entrada do estabelecimento, em local bem visível do exterior.

A herança tem dívidas? Descubra que custos terá de suportar

Fique a par de todos os custos que poderão surgir com uma herança (especialmente se a mesma contiver uma dívida) e algumas dicas para evitá-los.

Serviços Públicos Essenciais: fornecimentos não podem ser cortados até ao final deste ano. O que deve saber

Os avisos de corte que tenham sido enviados ficam sem efeito, não podendo as empresas proceder ao corte de fornecimento, até 31 de dezembro de 2021.
Comentários